Home Vaivém Vaivém: “Eu quero voltar a jogar no Sada Cruzeiro”, diz Sander na despedida
Vaivém - 16 de abril de 2019

Vaivém: “Eu quero voltar a jogar no Sada Cruzeiro”, diz Sander na despedida

Os jogadores e comissão técnica do Sada Cruzeiro se reuniram na tarde desta terça-feira, em um restaurante em Belo Horizonte, em evento que finalizou oficialmente as atividades da temporada 2018/19. E o ponteiro americano Sander, que vai se transferir para o Dínamo de Moscou, da Rússia, aproveitou para se despedir do grupo. Na passagem pelo vôlei nacional, Sander conquistou o Campeonato Mineiro, a Copa Brasil e o Sul-Americano.

Ele diz que se despede com um até breve, pois quer voltar a defender o time celeste e ser campeão da Superliga.

– Eu fui muito feliz aqui, eu e minha família fomos muito bem recebidos e gostei muito de todos, dos torcedores, das pessoas que conheci aqui no Brasil. Faltou o título da Superliga e eu gostaria muito de voltar a jogar no Sada Cruzeiro, para ganhar este troféu importante. Eu realmente queria muito continuar aqui e se um dia eu voltar a jogar no Brasil, seria somente pelo Sada/Cruzeiro. É um clube onde fui muito feliz, as pessoas me receberam muito bem, fiz amigos e gostei muito do convívio com meu colegas e com todos os profissionais do clube. Eu espero voltar em breve – disse Sander.

O presidente Vittorio Medioli não pôde estar presente, mas enviou uma mensagem ao grupo, agradecendo por todo o empenho no último ano, fechando os trabalhos com a conquista de três títulos: o nono troféu seguido do Campeonato Mineiro, o tetra da Copa Brasil e o hexa Sul-Americano.

Sander encara o bloqueio do Taubaté na semi da Superliga (Agenciai7/Divulgação)

“Gostaria agradecer a todos por tudo, pelos títulos que conquistamos, pela história que o time vem escrevendo. Agradeço em meu nome e também de todo o Grupo Sada. As dezenas de troféus que acumulamos são um estímulo para fortalecer nossos propósitos para os compromissos que nos aguardam. Agradeço também em nome dos 2.000 alunos envolvidos em nossos projetos esportivos e nas categorias de base. Sem dúvidas, o Sada Cruzeiro é hoje o maior projeto de vôlei do planeta, o que alimenta a cada dia nossa alegria e satisfação. E continuaremos trabalhando muito. Um forte abraço a vocês e suas famílias”, disse o presidente, em mensagem.

LEIA TAMBÉM

+ Entrevista exclusiva com a bicampeã olímpica Sheilla

Renan solta a primeira lista dos convocados para a Seleção Masculina

Adenízia pede afastamento da Seleção e deixa Tóquio-2020 em aberto

Um papo com Macris sobre Seleção, veganismo, ranking e futuro

+ Patrocínio do Sesc é renovado e time feminino começa a reconstrução

Seleção Masculina jogará em Cuiabá e Brasília na Liga das Nações

Bruninho exclusivo: “Cabeça do Leal encaixando com filosofia da Seleção”

Veja também

Após decepção em casa, duplas brasileiras jogam na China

As duplas brasileiras já têm mais um desafio pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2019.…