Home Superliga Wallace faz balanço da temporada e declara torcida pelo compadre Lucas Lóh na final
Superliga - 15 de abril de 2019

Wallace faz balanço da temporada e declara torcida pelo compadre Lucas Lóh na final

O oposto Wallace, do Sesc RJ, usou as redes sociais para fazer um balanço da temporada e pedir “desculpas” à torcida carioca pela eliminação nas semifinais da Superliga Cimed Masculina 2018/2019. A equipe do Rio foi derrotada pelo Sesi SP por 3 sets a 2, sábado, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), de virada, pela terceira rodada do playoff e deu adeus à competição.

Os paulistas encerraram a série melhor de cinco em 3 a 0, após as vitórias por 3 a 2, na última quarta-feira, no Rio, e por 3 a 0 na semana passada, em casa.

“Infelizmente acabou nossa temporada, com certeza não chegamos ao nosso objetivo. Obrigado ao Sesc RJ por acreditar no meu trabalho e pela estrutura que deram, não temos um “A” pra falar sobre isso. Desculpem todos, os torcedores fiéis, amigos e família que sempre nos apoiaram independente de qualquer coisa, saibam que queríamos algo muito além da semifinal pois vocês mereciam!! Por fim, mas não menos importante obrigado a minha família, eles sim tiveram que aguentar meu mau humor pós derrotas 🤷🏽‍♂️, só tenho agradecer amo vocês, Mari e Max”, escreveu o jogador em seu perfil no Instagram.

Wallace é o maior pontuador da Superliga, com 480 pontos. O segundo colocado é o oposto Alan, do Sesi SP, com 404. O jogador, campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016, tem mais um ano de contrato na equipe carioca e fez um balanço da temporada:

“Acho que foi um ano atípico, meu primeiro ano no Sesc… As lesões não são uma desculpa, mas atrapalharam. Fizemos um excelente primeiro turno e no segundo tivemos derrotas para equipes que não estavam no nosso script. Mas acho que dá para tirar de bom as quartas de fina contra o Minas, uma equipe chata de jogar… No primeiro jogo da semi, aqui, não jogamos bem… levamos a virada em casa…. Fica uma sensação de um pouco frustração. Agora é que conseguimos jogar mesmo com a equipe titular com Borges e Penchev, mas isso não é desculpa. O Sesi fez por onde”, disse oposto, em entrevista ao SporTV logo após a partida de sábado.

Sobre as finais, ele revelou que vai torcer para o amigo compadre Lucas Lóh, ponteiro do Sesi SP.

“Vou torcer para os meus amigos, o Lóh… vamos ver quem vem lá do outro”, completou o jogador, antes de saber que o EMS/Taubaté derrotaria o Sada/Cruzeiro no outro playoff e ficaria com a outra vaga na decisão – ele já defendeu os dois clubes na Superliga. Lucas Lóh é padrinho do filho de Wallace, Max.

LEIA TAMBÉM

+ EMS/TAubaté supera o Sada/Cruzeiro em Contagem e vai pegar o Sesi na decisão

+ Sesi SP derrota o Sesc RJ no tie-break e é o primeiro finalista da Superliga Masculina

Renan solta a primeira lista dos convocados para a Seleção Masculina

Novara elimina o Vakifbank, no golden set, com 39 pontos de Egonu

De virada, Sesi-SP derrota o Sesc RJ e já pode garantir vaga na final no próximo sábado

Civitanova bate poloneses e vai encarar o Zenite Kazan na final da Champions

EMS/Taubaté vira para cima do Sada/Cruzeiro e faz 2 a 0 na série semifinal

+ Dentil/Praia Clube atropela o Sesi/Bauru de novo e vai à final da Superliga

Itambé/Minas sofre em Osasco, mas se garante na decisão

+ Fivb atende atletas e cria ações para minimizar efeitos do calendário

Adenízia pede afastamento da Seleção e deixa Tóquio-2020 em aberto

Um papo com Macris sobre Seleção, veganismo, ranking e futuro

+ Patrocínio do Sesc é renovado e time feminino começa a reconstrução

Seleção Masculina jogará em Cuiabá e Brasília na Liga das Nações

Bruninho exclusivo: “Cabeça do Leal encaixando com filosofia da Seleção”

Veja também

Opinião: O novo capítulo de uma relação conturbada

A aguardada primeira convocação da Seleção Brasileira feminina em 2019 saiu na noite desta…