Home Superliga Em clássico estadual, Osasco/Audax busca recuperação na Superliga
Superliga - 29 de novembro de 2018

Em clássico estadual, Osasco/Audax busca recuperação na Superliga

Duelo nesta sexta-feira será contra o Hinode/Barueri, fora de casa

O Osasco/Audax busca a reabilitação na Superliga Cimed feminina diante do Hinode/Barueri nesta sexta-feira, a partir das 21h30, no ginásio José Correa, com transmissão do Sportv 2.

O time de Luizomar de Moura vem de dois resultados negativos e pretende encerrar o momento ruim diante do conhecido rival da cidade vizinha.

– Precisamos de uma mudança de postura. E isso começa no treino, com cada uma de nós, para, depois, nos unirmos para voltar a jogar com consistência e ganhar as partidas. Após o jogo contra o Fluminense (derrota por 3 a 0 na terça-feira) ficou claro que precisamos colocar na cabeça a necessidade de melhorar nossa postura – avalia a líbero Camila Brait.

A experiente Paula Pequeno dá dicas para a volta por cima.

– Temos que transformar esses resultados negativos em lições. A Superliga é uma competição longa e temos total condições de fazer uma grande temporada. Claro que ficamos todas chateadas, porque sabemos que rendemos abaixo da nossa capacidade, mas é cabeça no lugar e focar no próximo jogo, agora contra o Hinode Barueri para voltar a atuar bem e vencer. Vai ser na casa delas e não vai ser fácil, mas vamos dar o nosso melhor – diz Paula Pequeno.

Osasco e Barueri colocam em quadra uma rivalidade estadual. Nesta temporada, lutaram por uma vaga na decisão do Campeonato Paulista, com vitória em dois jogos a favor das comandadas do técnico Luizomar. Ano passado, com o José Liberatti completamente lotado no dia 13 de agosto, a equipe osasquense venceu o golden set e levantou o hexacampeonato diante do mesmo adversário. Osasco bateu o Hinode em mais quatro oportunidades na Superliga 2017/18, sempre pelo placar de 3 sets a 1. Foram dois resultados positivos na fase de classificação e mais dois nas quartas de final.

Veja também

Osasco vence o clássico e segue na cola do líder Praia

Agora restam apenas dois invictos na Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21: o líder D…