Home Superliga Fiat/Minas vira no ABC sobre o São Judas
Superliga - 10 de novembro de 2018

Fiat/Minas vira no ABC sobre o São Judas

Time mineiro conquistou a terceira vitória na Superliga masculina

O Fiat/Minas conseguiu a terceira vitória na Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019 da mesma forma: virando o jogo. Neste sábado, a equipe mineira bateu o São Judas Voleibol por 3 sets a 1, parciais de 22/25, 25/23, 25/22 e 25/15, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo (SP).

Nas duas primeiras rodadas, o time dirigido pelo técnico Nery Tambeiro derrotou Corinthians/Guarulhos e Vôlei Renata.

Dois pontas se destacaram nesta tarde. Piá entrou ao longo da partida e foi eleito, pela comissão técnica do seu time, o melhor jogador da partida e foi premiado com o Troféu VivaVôlei. E Honorato saiu de quadra como o maior pontuador depois de marcar 15 vezes.

Nery Tambeiro fez questão de elogiar o desempenho de outros atletas também importantes para a vitória.

– Sabíamos que este seria um jogo difícil. O Fiat/Minas tem um grupo jovem e nós contamos com os 14 jogadores. Hoje tivemos a volta do Roque, o Carísio entrou muito bem e levou a equipe, o Piá estava fora, entrou e ajudou, o Maique também esteve muito bem, então, é a força de um grupo mesmo que, por ser jovem, ainda alterna um pouco. Mas, tivemos valor em achar o nosso melhor durante o jogo e conseguir sair daqui com os três pontos – analisou.

O maior pontuador do jogo também comentou a partida.

– Entramos em quadra sabendo que seria um jogo duro. O time deles é jovem e cheio de vigor e todos começaram muito bem. Já do nosso lado começamos errando muito, sem testar o time adversário. Do segundo set em diante as coisas foram melhorando, decidimos não arriscar tanto e fazer um saque mais tático, o que funcionou. O Carísio entrou e foi uma mudança importante para o time no final do segundo set – disse Honorato.

Minas venceu em São Bernardo do Campo (Yuri Gomes/São Judas)

O levantador Carísio comemorou a chance de estar em quadra e poder ajudar.

– Era previsto um jogo difícil. O São Judas é um time de jovens também e estava jogando em casa. Começamos com muitos erros em bolas fáceis, muito saque e isso foi complicando nosso jogo. No decorrer da partida conseguimos imprimir nosso ritmo, e conseguimos uma vitória importante fora de casa. Nosso grupo é muito forte e conta com 14 jogadores, todos que entram sempre agregam muito a equipe, e eu fiquei muito feliz em poder ajudar nessa vitória. Sabemos que, para chegar onde queremos, vamos precisar de todo mundo – disse Carísio.

Pelo São Judas Voleibol, o técnico Orlando destacou o crescimento do seu time.

– Mesmo com o resultado adverso, consigo ver uma boa evolução da equipe do primeiro jogo para esse. Hoje conseguimos jogar melhor do que nas duas últimas partidas. As dificuldades foram naturais de se enfrentar um time de tradição. Essa semana precisaremos acertar aquelas coisas que hoje não funcionaram, mas sinto que estamos no caminho certo – concluiu o treinador.

Veja também

Academia do Voleibol: diferenças entre Brasil e EUA

A edição da noite desta segunda-feira da Academia do Voleibol deu continuidade à série ini…