Home Superliga Goteiras no ginásio adiam partida entre Hinode/Barueri e Osasco/Audax
Superliga - 30 de novembro de 2018

Goteiras no ginásio adiam partida entre Hinode/Barueri e Osasco/Audax

Jogo foi interrompido após vitória do Osasco por 25 a 23 no primeiro set

A forte chuva que castigou a cidade de Barueri, nesta sexta-feira à noite, resultou em goteiras no Ginásio José Corrêa, forçando o adiamento da partida entre Hinode/Barueri e Osasco/Audax, pela quinta rodada da Superliga Cimed Feminina.

Primeiramente, houve falta de luz, assim que o primeiro set acabou – com a vitória do time do técnico Luizomar de Moura, por 25 a 23. O gerador logo entrou em ação, mas aí foi a vez de as goteiras interromperem o andamento do clássico paulista.

– Infelizmente, como a chuva não dá indícios de que vai parar tão cedo, vamos interromper a partida. A segurança das atletas está em primeiro lugar – explicou o delegado da partida, Almir Sousa, em entrevista ao SporTV.

Pelo regulamento da Superliga, as jogadoras poderiam ficar até quatro horas esperando pela decisão.

– Conversamos com os dois clubes e vimos que adiar a partida era a melhor solução. Não conseguimos fechar agora uma nova data, porque dependemos da disponibilidade das duas equipes e da TV. Acredito que a CBV defina a nova data na segunda-feira. Precisamos também dar tempo para que os reparos no ginásio sejam feitos – completou o supervisou.

Luizomar de Moura lamentou o corrido, principalmente depois da vitória, de virada, do seu time, no primeiro tempo.

– Vamos torcer para que as prefeituras cuidem melhor dos seus ginásios. Tenho certeza que os patrocinadores não gostam disso – disse o treinador, referindo-se ao fato de o jogo ter transmissão pela TV.

O supervisor do Hinode/Barueri, Benedito Crispi, o Benê, explicou que, nesta sexta-feira pela manhã houve a substituição das proteções de silicone do teto pela manta asfáltica mas que, infelizmente, a chuva acabou tirando a nova proteção.

– Tivemos a preocupação de fazer a troca hoje mesmo, mas a chuva foi muito forte. É uma pena, mas vamos consertar o mais rápido possível, disse.

 

Veja também

Academia do Voleibol: diferenças entre Brasil e EUA

A edição da noite desta segunda-feira da Academia do Voleibol deu continuidade à série ini…