Home Superliga Sesc RJ bate o Fiat/Minas e se isola na liderança da Superliga Masculina
Superliga - 25 de novembro de 2018

Sesc RJ bate o Fiat/Minas e se isola na liderança da Superliga Masculina

Time do técnico Giovane Gávio tem 18 pontos, dois a mais que o vice-líder Sesi-SP

O Sesc RJ derrotou o Fiat/Minas por 3 a 1, de virada – parciais de 16/25, 25/19, 25/23 e 25/22 – na noite deste sábado, na Arena Jeunesse, no Rio de Janeiro, e manteve-se na liderança da Superliga Masculina de Vôlei , com 18 pontos, dois a mais que o Sesi-SP, segundo colocado. O time do técnico Giovane Gávio segue invicto na competição, com seis vitórias em seis jogos. O ponteiro Djalma foi eleito o melhor em quadra e levou o Troféu Viva Vôlei. Ele e o oposto Wallace foram os maiores pontuadores da partida, com 16 pontos. Pelo lado do Minas, quem mais pontuou foi o ponteiro Henrique Honorato, com 15 acertos.

Na próxima rodada, o Sesc RJ, atual campeão carioca, enfrenta o EMS Taubaté, atual campeão paulista, no sábado, dia 1/12, em Taubaté, pela sétima rodada, a partir das 20h (com transmissão pelo SporTV). O resultado negativo fez o Fiat/Minas cair uma posição na tabela, Agora ocupa a sétima colocação, com 9 pontos e busca a reabilitação contra o invicto Sesi-SP, no mesmo dia, às 16h, na sua arena.

O Fiat/Minas venceu o primeiro set, mas tomou a virada (Orlando Bento/MTC)

– Essa é uma partida que sabemos que as pessoas estão assistindo e saber que gostaram do meu trabalho me deixa bem feliz. Hoje no campeonato não tem partida tranquila. Vimos isso no primeiro set, quando eles entraram em um ritmo muito forte, nossa equipe se perdeu um pouco, mas conseguiu voltar para o jogo depois e manter um bom equilíbrio dentro do grupo. Conseguimos o resultado, que foi muito importante para a nossa equipe nesse momento – disse o oposto.

Um dos destaques do time minastenista, Honorato lamentou o resultado.

– Nosso time começou bem, mas depois nós deixamos eles crescerem no jogo. O Sesc-RJ é um time competente e, se você der espaço, fica difícil. Nós nos perdemos um pouco no jogo, eles ganharam confiança no saque e acabaram vencendo – disse.

O confronto entre Itapetininga e Taubaté, válida pela 6ª rodada, que aconteceria neste sábado, foi adiado por causa das fortes chuvas que castigaram a cidade de Taubaté e causaram goteiras no Ginásio Ayrton Senna.

Ficha técnica

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Djalma, Japa, Tiago Barth, Maurício Souza e Tiago Brendle (líbero). Entraram: Felipe Rammé e Everaldo. Técnico: Giovane Gávio.

Fiat/Minas: Marlon, Davy, Bob Dvoranen, Honorato, Flávio, Cledenilson e Maique (líbero). Entraram: Rogerinho, Carísio, Felipe Roque e Piá. Técnico: Nery Tambeiro.

Árbitros: Sergio Luiz Cantini e Debora Regina Santos da Silva.

Outros resultados da noite

Também neste sábado, o Sesi-SP jogou em casa e conseguiu mais uma vitória na Superliga Masculina 18/19. A equipe paulista venceu o São Judas Voleibol (SP) por 3 sets a 0 (25/21, 25/17 e 25/17), no ginásio do Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). O oposto Franco marcou 17 pontos, foi eleito o melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota, o São Judas teve o maior pontuador do jogo, o oposto Alemão, com 19 pontos.

No duelo entre equipes do Paraná, melhor para o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR). A equipe passou pelo Caramuru Vôlei (PR) por 3 sets a 1 (21/25, 25/20, 25/21 e 25/22), no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR). O líbero Mário Jr. Teve uma atuação segura e levou o Troféu VivaVôlei para casa. O ponteiro Jonatas, da equipe de Caramuru, marcou 21 pontos e foi o maior pontuador do confronto.

Em uma partida extremamente equilibrada, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) venceu o Corinthians Guarulhos (SP) no quinto set. A equipe do treinador Marcos Pacheco superou o grupo corintiano por 3 sets a 2 (25/21, 25/23, 21/25, 17/25 e 15/11), no ginásio Cava do Bosque, em Ribeirão Preto (SP). O central Petrus foi eleito o melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol e ficou com o Troféu VivaVôlei.

Veja também

Barueri perde o primeiro set, mas vira e bate o Brasília

O São Paulo/Barueri derrotou o Brasília por 3 sets a 1, de virada – parciais de 23-2…