Home Destaques Sesi-SP derrota o São Judas e segue invicto, na cola do líder Sesc RJ
Destaques - Superliga - 25 de novembro de 2018

Sesi-SP derrota o São Judas e segue invicto, na cola do líder Sesc RJ

O Sesi-SP derrotou o São Judas por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/17 e 25/17, nesta sexta-feira, no Ginásio Vila Leopoldina, em São Paulo, e segue na vice-liderança da competição, com 16 pontos, na cola do líder Sesc RJ, que tem 18. Os dois times são os únicos com seis vitórias em seis jogos, mas a equipe carioca ocupa a primeira colocação por ter melhor saldo de sets.  O São Judas sofreu sua quinta derrota na temporada e ocupa a décima posição, com 2 pontos. O Sesi defende a invencibilidade no dia 1º de dezembro, contra o Fiat/Minas, às 16h, na Arena do Minas, em Belo Horizonte. O São Judas só volta a jogar no dia 6 de dezembro, contra o Sada/Cruzeiro, que na segunda-feira estreia no Mundial de Clubes, na Polônia e por isso não atuou pela Superliga neste final de semana.

O oposto Franco, do Sesi-SP, marcou 17 pontos, foi eleito o melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei. O maior pontuador da partida foi o oposto Alexander Marczewski, o Alemão, com 19 acertos.

O confronto entre Itapetininga e Taubaté, válida pela 6ª rodada, que aconteceria neste sábado, foi adiado por causa das fortes chuvas que castigaram a cidade de Taubaté e causaram goteiras no Ginásio Ayrton Senna.

O oposto Franco, do Sesi-SP, levou o troféu Viva Vôlei (Facebook/Reprodução)

Outros resultados da noite

Também neste sábado, o Sesc RJ derrotou o Fiat/Minas por 3 a 1, de virada – parciais de 16/25, 25/19, 25/23 e 25/22 – na Arena Jeunesse, no Rio de Janeiro, e manteve-se na liderança da Superliga Masculina de Vôlei , com 18 pontos, dois a mais que o Sesi-SP, segundo colocado. O time do técnico Giovane Gávio segue invicto na competição, com seis vitórias em seis jogos. O ponteiro Djalma foi eleito o melhor em quadra e levou o Troféu Viva Vôlei. Ele e o oposto Wallace foram os maiores pontuadores da partida, com 16 pontos. Pelo lado do Minas, quem mais pontuou foi o ponteiro Henrique Honorato, com 15 acertos.

No duelo entre equipes do Paraná, melhor para o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR). A equipe passou pelo Caramuru Vôlei (PR) por 3 sets a 1 (21/25, 25/20, 25/21 e 25/22), no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR). O líbero Mário Jr. Teve uma atuação segura e levou o Troféu VivaVôlei para casa. O ponteiro Jonatas, da equipe de Caramuru, marcou 21 pontos e foi o maior pontuador do confronto.

Em uma partida extremamente equilibrada, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) venceu o Corinthians Guarulhos (SP) no quinto set. A equipe do treinador Marcos Pacheco superou o grupo corintiano por 3 sets a 2 (25/21, 25/23, 21/25, 17/25 e 15/11), no ginásio Cava do Bosque, em Ribeirão Preto (SP). O central Petrus foi eleito o melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol e ficou com o Troféu VivaVôlei.

Veja também

Mineiros vencem na abertura da 7ª rodada da Superliga

A rodada deste sábado na Superliga Masculina 2020/21 foi dos mineiros. Sada/Cruzeiro, Amér…