Home Superliga Após duas derrotas, Sesc RJ conta com a torcida para vencer o Osasco/Audax
Superliga - 13 de dezembro de 2018

Após duas derrotas, Sesc RJ conta com a torcida para vencer o Osasco/Audax

Time do técnico Bernardinho foi superado pelo Flu e pelo Hinode/Barueri

O maior clássico do vôlei brasileiro dará o ar da graça pela primeira vez na temporada 18/19. Sesc RJ e Osasco/Audax estarão frente a frente nesta sexta-feira (14.12), às 20h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, medindo forças pela oitava rodada da Superliga Cimed Feminina 2018/2019.

Com campanhas ainda instáveis na competição, ambas equipes precisam muito de um triunfo para se garantirem entre os primeiros colocados na tabela de classificação. E o time carioca pretende usar o fator casa para ter uma vantagem sobre o rival.

Jogadora com mais jogos pelo Sesc RJ e atual capitã, a levantadora Roberta está fazendo sua nona temporada no Rio de Janeiro. E sabe bem quanto a força da torcida é importante.

– É um clássico, um jogo importantíssimo e é muito melhor que seja em nossa casa. Sem dúvida esse fator ajuda muito. Esperamos que a torcida lote o Tijuca e possa nos apoiar e torcer o tempo todo – disse Roberta, lembrando de um confronto histórico.

– Tem um jogo em que a torcida foi fundamental e que não esqueço até hoje. Foi contra o próprio Osasco, na semifinal da temporada 15/16. Perdemos o primeiro confronto em Osasco e viemos para o Rio precisando da vitória. O jogo foi no Tijuca, estava muito lotado e nossa torcida nos deu muita força. Conseguimos uma boa vitória, foi uma grande festa e espero que possamos repetir isso nesta sexta. Que consigamos entrar em quadra com uma postura diferente dos últimos dois jogos. Espero que nosso time se mostre confiante, tendo atitude, mesmo ainda buscando seu equilíbrio. Estamos em um momento difícil, mas com a nossa torcida ao lado será mais fácil dar a volta por cima – previu Roberta.

Ingressos
Os torcedores poderão trocar 2kg de alimento não perecível por um ingresso a partir das 17h, no próprio ginásio de jogo. Os donativos serão revertidos para instituições de assistência social previamente cadastradas no Mesa Brasil Sesc no estado do Rio de Janeiro.

 

Veja também

Santo André vira sobre o Vôlei Renata

Primeiro dia, primeira zebra. O Vôlei Renata, atual bicampeão do Campeonato Paulista, estr…