Home Superliga Com direito ao set mais longo da temporada, Vôlei Renata bate Ribeirão
Superliga - 1 de dezembro de 2018

Com direito ao set mais longo da temporada, Vôlei Renata bate Ribeirão

Time campineiro desperdiça match points, mas consegue vitória no tie-break

Após uma verdadeira maratona de mais de 3h de partida, na noite deste sábado, no Ginásio do Taquaral, em Campinas, o Vôlei Renata derrotou o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão por 3 sets a 2, parciais de 37/35, 25/18, 27/29, 24/26 e 15/9.

O oposto Dani, do time da casa, foi eleito o melhor em quadra e levou o Troféu VivaVôlei para casa.

Vaccari, do Vôlei Renata, e Gabriel, do Ribeirão, fizeram 22 pontos cada no confronto paulista.

O primeiro set foi o mais longo e com maior pontuação da atual temporada. O desgaste físico e psicológico da parcial inicial fez os visitantes caírem de produção, ajudando o Vôlei Renata a abrir 2 a 0. E tudo caminhava para um fechamento em três sets, já que os campineiros chegaram a ter 24 a 20 no terceiro. Mas uma impressionante e surpreendente virada da valente equipe de Ribeirão fez o jogo mudar. No quarto, a equipe de Horacio Dileo voltou a desperdiçar match point e precisou do tie-break para somar mais dois pontos na competição.

– Saímos de quadra com uma sensação agridoce. Felizes com mais uma vitória, mas incomodamos porque poderíamos ter faturado o duelo no terceiro set. Estávamos jogando bem, com chance de fechar, mas acabamos nos desconcentrando e permitindo uma reação, que teve muito mérito de Ribeirão. Isso mostra o quanto a Superliga é equilibrada e que todos os times vão brigar pela parte de cima. Fica a lição. Até que a última bola caia, não podemos desistir – comentou o levantador argentino Demian González.

Vaccari no ataque (Marcos Riboli/Vôlei Renata)

– Nosso time é de operários e tem que lutar muito para atingir os objetivos. A gente tem que lutar por cada bola, por cada set. Nosso time é guerreiro, lutou até o último ponto. Lutaremos sempre. Foi um jogo com parciais lá em cima, voleibol é muito dinâmico. Se você erra, diferente de qualquer esporte, não fica zero a zero, o adversário pontua. Isso é muito cruel. Mas enfim, vamos melhorar, o Campinas tem seus méritos. É muito difícil bloquear e parar o time deles – analisou Marcos Pacheco, comandante de Ribeirão.

Na classificação, o Vôlei Renata soma 11 pontos, agora na quinta colocação. Ribeirão está em nono, com sete.

Veja também

Barueri perde o primeiro set, mas vira e bate o Brasília

O São Paulo/Barueri derrotou o Brasília por 3 sets a 1, de virada – parciais de 23-2…