Home Superliga Dentil/Praia Clube derrota o Osasco/Audax e segue líder invicto na Superliga
Superliga - 21 de dezembro de 2018

Dentil/Praia Clube derrota o Osasco/Audax e segue líder invicto na Superliga

Atual campeã passa em três sets pelo rival paulista e segue na ponta

Oito jogos, oito vitórias. O atual campeão da Superliga Cimed Feminina de Vôlei segue impossível. O Dentil/Praia Clube venceu mais uma partida na temporada e continua invicto. Dessa vez, a vítima foi o Osasco/Audax, na vitória por 3 sets a 0 – parciais de 25/23, 25/21 e 25/21, em 1h22min -, em Osasco, na abertura da nona rodada do turno.

Com o resultado, o time do técnico Paulo Coco se isolou ainda mais na liderança, agora com 23 pontos, e não pode ser alcançado por mais ninguém este ano, já que essa foi a última rodada de 2018 – a Superliga entra em recesso para as festas de fim de ano e só retorna em 2019. O próximo compromisso da equipe de Uberlândia é no clássico contra o Minas, dia 4, às 21h30, em Uberlândia, pela penúltima rodada do turno.

O Osasco segue com 12 pontos e caiu da sétima para a oitava colocação na classificação, com 5 derrotas e 4 vitórias.  O time volta a jogar no dia 8 de janeiro, contra o Curitiba, às 20h, no Paraná.

A oposto norte-americana Fawcett marcou 15 pontos na vitória do seu time e foi eleita a melhor em quadra, ficando com o Troféu VivaVôlei. A também oposto norte-americana Hooker, da equipe de Osasco, e a central Carol, do Praia Clube, foram as maiores pontuadoras da partida, com 16 pontos cada uma.

Fawcett faturou o VivaVôlei (João Pires/FotoJump)

A levantadora do Osasco, Carol Albuquerque, acredita que o time ainda precisa evoluir

– As parciais foram apertadas, o que mostra que fizemos um jogo equilibrado contra uma equipe forte como o Praia. Acho que melhoramos um pouco, mas temos muito a evoluir. Não acabamos o jogo do jeito que queríamos, claro, mas temos que seguir em frente, trabalhando cada vez mais – disse a jogadora.

– É o momento de sermos mentalmente fortes e mantermos a união do grupo. Agora vamos aproveitar esse recesso para continuar trabalhando, especialmente a parte física, para começar 2019 com tudo – completou Carol.

Osasco/Audax: Claudinha, Hooker (16), Walewska (2), Nati Martins (3), Mari Paraíba (13), Angela Leyva (8) e a líbero Camila Brait. Entraram: Carol Albuquerque, Lorenne (3), Kika, Natasha (1), Paula Pequeno (1).

Técnico: Luizomar de Moura.

Dentil/Praia Clube: Carli Lloyd (2), Fawcett (15), Fe Garay (7), Rosamaria (11), Carol (16), Fran (10) e a líbero Suellen. Entraram: Ananda, Paula Borgo (2).

Técnico: Paulo Coco.

A oposto norte-americana Hooker, do Osasco/Audax, marcou 16 pontos e foi um dos destaques do time (João Pires/FotoJump)

Veja também

Fluminense: aposta em elenco alto, jovem e agressivo

Primeiro campeão brasileiro de vôlei feminino, em 1976, e seis vezes campeão sul-americano…