Home Superliga Em busca da liderança, Sesc RJ enfrenta o Vôlei Um Itapetininga fora de casa
Superliga - 7 de dezembro de 2018

Em busca da liderança, Sesc RJ enfrenta o Vôlei Um Itapetininga fora de casa

Búlgaro Penchev viaja com o grupo e pode estrear

Vice-líder da Superliga Cimed Masculina 2018/2019 com 19 pontos, o Sesc RJ entra em quadra no interior paulista neste sábado (8.12) para enfrentar o Vôlei Um Itapetininga (sexto colocado com 10 pontos) a partir das 18h, no Ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga-SP, partida válida pela oitava rodada do turno da competição – com transmissão ao vivo pelo canal Vôlei Brasil (http://canalvoleibrasil.cbv.com.br).

Empatada com o líder Sesi-SP na tabela de classificação, que também tem 19 pontos, mas leva vantagem em relação ao número de vitórias (7 contra 6), a equipe carioca, comandada pelo técnico Giovane Gávio, vai em busca da vitória que pode valer a ponta do campeonato.

– Itapetininga tem um time jovem, de muita força física e com bons jogadores, como o Victor Cardoso, que foi campeão sul-americano comigo esse ano na seleção sub-21. É uma equipe bem treinada pelo Magoo (Fabiano Ribeiro, técnico da Seleção Brasileira sub-19) e precisamos de concentração para tentar impor o nosso jogo desde o início – afirmou o treinador.

O Sesc RJ é o vice-líder da competição (Luciano Belford/Sesc RJ)

O bom momento da equipe se reflete nos números. Nas estatísticas da competição, quatro jogadores do SESC RJ aparecem em destaque: o oposto Wallace é o terceiro maior pontuador até agora (99 / melhor média da competição com 4,5 por set), o ponteiro Djalma Júnior figura como segundo melhor sacador (12) e quarto maior pontuador geral (97), o central Maurício Souza está em terceiro no fundamento bloqueio (18), e o líbero Tiago Brendle é o quarto mais eficiente na recepção (71% de aproveitamento).

BÚLGARO PODE ESTREAR
Reforço para a temporada 2018-2019, o búlgaro Rosalin Penchev viajou com a equipe para Itapetininga e estará à disposição de Giovane, podendo fazer sua estreia com a camisa do SESC RJ. O oposto, de 23 anos, integrante da seleção búlgara medalhista de prata nos Jogos Europeus em Baku (2015), tem passagens por clubes de Polônia, Turquia, Itália e Argentina. Paulo Victor (entorse no tornozelo direito) e Maurício Borges (cirurgia no joelho direito) seguem em recuperação.

Depois de enfrentar o Vôlei Um Itapetininga, vão restar apenas três compromissos para o SESC RJ no primeiro turno da Superliga 2018-2019: SESI-SP (dia 12, no Rio de Janeiro), Sada Cruzeiro Vôlei (dia 15, em Contagem-MG) e São Francisco Saúde / Vôlei Ribeirão (dia 21, no Rio de Janeiro).

Veja também

Mineiro masculino: divulgados os oito participantes

A Federação Mineira anunciou, nesta terça-feira, os oito participantes do Estadual masculi…