Home Superliga EMS/Taubaté acaba com 100% de aproveitamento do Sesi
Superliga - 8 de dezembro de 2018

EMS/Taubaté acaba com 100% de aproveitamento do Sesi

Jogando fora de casa, Taubaté derrubou invencibilidade do time da capital paulista

Quebrar invencibilidade dos adversários virou a especialidade do EMS/Taubaté.

Após colocar um ponto final na série de vitórias do Sesc na Superliga 2018/2019, durante a semana, o time comandado pelo argentino Daniel Castellani impôs neste sábado a primeira derrota do Sesi.

Mesmo jogando na Vila Leopoldina, em São Paulo, Taubaté venceu o arquirrival por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 23/25, 28/26 e 27/25, pela oitava rodada da competição.

O Troféu VivaVôlei foi dado para o ponta Douglas Souza, autor de 19 pontos.

Em entrevista à TV Gazeta, o campeão olímpico admitiu que os dois times não mostraram o melhor vôlei possível, com as parciais na diferença mínima mostrando o tamanho da equilíbrio da atual Superliga.

– Essa Superliga está muito equilibrada, todo jogo é isso, ponto a ponto, e conquistar a vitória nunca é fácil. Hoje nós sabíamos que seria mais uma partida complicada, as duas equipes se conhecem muito bem, muitos jogadores atuam juntos na Seleção, mas superamos os obstáculos e jogamos um bom voleibol para conseguir vencer. Foi um ótimo jogo, nosso ataque conseguiu virar bolas importantes e a equipe está de parabéns pela atuação coletiva.

Falando em transmissão, Sesi e Taubaté foi o primeiro jogo exibido pela emissora paulista. O ex-jogador Domingos Maracanã foi o comentarista. Bacana o espaço para as entrevistas pós-jogo, com vários personagens sendo ouvidos em quadra.

Tecnicamente, o áudio teve problemas no primeiro set, com um ruído parecido com uma sirene vazando. Mas acabou corrigido.

Leandro Vissotto tenta parar Lucas Lóh no bloqueio (Rafinha Oliveira/ EMS Taubaté)

O jogo também marcou o retorno de Lipe às quadras. Depois de sofrer uma lesão na final do Paulista, justamente contra Taubaté, o campeão olímpico foi utilizado por Rubinho a partir do terceiro set, substituindo Renato. Por ironia do destino, o ataque bloqueado que deu a vitória aos visitantes foi em Lipe.

O resultado colocou Taubaté com 17 pontos, dois a menos do que o Sesi e cinco atrás do Sesc, com a jogo a menos em relação aos adversários.

Veja também

Flávio admite viver momento especial da carreira

Aos 29 anos, Flávio vive um dos melhores momentos da carreira. O meio de rede defenderá o …