Home Destaques Jaqueline está no Rio, mas torcida do Sesc não deve comemorar
Destaques - Fora de Quadra - Superliga - 15 de dezembro de 2018

Jaqueline está no Rio, mas torcida do Sesc não deve comemorar

A bicampeã olímpica Jaqueline está no Rio de Janeiro desde a última quinta-feira, mas não para fechar com o Sesc RJ para o restante da temporada, como boa parte da torcida do time espera. Ela mora em São Paulo, com o marido Murilo, líbero do Sesi -SP, e foi à Cidade Maravilhosa por conta dos seus compromissos como modelo, profissão que a musa abraçou, enquanto não fecha com nenhum clube. O Webvolei apurou, no entanto, que não há interesse da equipe de Bernardinho na contratação da líbero/ponta no momento.

Em seu canal no Youtube e nos stories do Instagram, Jaque garante que não parou de jogar.

– Não parei, não. Vocês ainda vão me ver jogar. Me aguardem – disse ela.

Depois das derrotas por 3 a 1 para o Fluminense e por 3 a 1, e para o Hinode/Barueri por 3 a 0, parte da torcida do Sesc RJ passou a pedir a contratação da jogadora, uma das melhores passadoras do Brasil. Esse fundamento foi o maior vilão dos dois resultados ruins do time de Bernardinho na Superliga. A principal atacante-passadora do time, Drussyla, recupera-se de lesão e ainda não se sabe quando ela vai retornar às quadras.

O Sesc RJ se recuperou das duas derrotas consecutivas no campeonato com uma atuação primorosa na vitória por 3 a 0 no clássico contra o Osasco/Audax, na noite da última sexta-feira, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio, pela oitava rodada da Superliga. O resultado fez o time subir da quarta para a terceira colocação, com 15 pontos, a dois do líder invicto Dentil/Praia Clube.

 

Veja também

Brasil vai disputar 7º lugar na Copa Pan-Americana

A Seleção Brasileira sub-21 segue sem vitória na Copa Pan-Americana masculina. Neste sábad…