Home Superliga No tie-break, Sada/Cruzeiro derrota o Fiat/Minas e ocupa a 4ª posição
Superliga - 8 de dezembro de 2018

No tie-break, Sada/Cruzeiro derrota o Fiat/Minas e ocupa a 4ª posição

Apesar de erros em excesso no saque, não faltou emoção no clássico mineiro

O clássico mineiro pela Superliga Cimed masculina 2018/2019 terminou com vitória do Sada/Cruzeiro.

Mesmo atuando na Arena do Minas, em Belo Horizonte, o atual campeão nacional derrotou o Fiat/Minas por 3 sets a 2, parciais de 25-22, 23-25, 25-18, 23-25 e 15-13, na noite deste sábado.

O ponta Rodriguinho, titular ao lado do americano Sander, levou o VivaVôlei como o melhor jogador da partida.

Ele anotou 18 pontos, sendo 16 deles no ataque e dois no saque.

– Não posso dizer que não estou feliz. Mas ainda me cobro muito quando alguma coisa não dá certo. O jogo foi equilibrado, as duas conhecem se enfrentam muito e já se conhecem bem – comentou Rodriguinho.

Menção honrosa para o oposto Luan Weber, que entrou nos quatro primeiros sets e foi titular no quinto. Ele marcou 12 pontos, todos no ataque, em 14 tentativas. Um excelente aproveitamento de 86%.

Pelo lado do Minas, na quinta derrota consecutiva, o oposto Davy teve 16 acertos, três a mais do que os pontas Bob e Honorato.

– A gente vem de uma sequência de derrotas, mas temos notado uma evolução do time. Mesmo saindo derrotado hoje, fizemos um jogo de evolução na linha de recepção. O nosso saque, um fundamento que estava ruim, melhoramos bastante nos dois últimos jogos. Conseguimos tirar um ponto hoje, acabou essa sequência complicada dos quatro grandes para nós e, agora, com esse crescimento dos últimos jogos, esperamos vencer nas próximas rodadas – disse Bob.

Uma estatística chamou demais a atenção durante o clássico: os erros de saque. Foram 31 do Cruzeiro e mais 23 do Minas, inclusive o que fechou o jogo a favor dos visitantes.

O time dirigido por Marcelo Mendez soma 16 pontos, ocupando a quarta colocação, atrás de Sesc (22), Sesi (19) e EMS/Taubaté (17). Destes, os dois primeiros possuem um jogo a mais.

Veja também

Brasil leva virada na Copa Pan-Americana

A quarta-feira (10/8) não foi marcada pela reabilitação do Brasil na Copa Pan-Americana, e…