Home Superliga Sada/Cruzeiro derrota o São Judas e assume a liderança da Superliga
Superliga - 20 de dezembro de 2018

Sada/Cruzeiro derrota o São Judas e assume a liderança da Superliga

Time mineiro sofreu nos dois primeiros sets, mas acabou vencendo por 3 a 0

A Superliga Masculina Cimed 2018/2019 tem novo líder. O Sada/Cruzeiro sofreu nos dois primeiros sets, mas acabou derrotando o São Judas por 3 a 0 (26/24, 30/28 e 25/18), na noite desta quarta-feira, em partida isolada válida pela sexta rodada da competição, adiada por causa da participação do time mineiro no Mundial de Clubes, em novembro.

Com o resultado, os atuais campeões da Superliga assumiram a liderança da temporada, com 25 pontos, mesma pontuação do Sesc RJ.  Os dois times já fizeram 10 jogos, porém a equipe mineira tem apenas uma derrota, enquanto o time carioca soma duas e, por isso, aparece na segunda colocação. O Sesi-SP é o terceiro colocado, com 22 pontos somados. O São Judas é o lanterna da competição, com 3 pontos – 1 vitória em 10 jogos.

O ponteiro americano Sander foi o maior pontuador em quadra, com 16 acertos, seguido pelo oposto Evandro, com 13. Ambos tiveram um aproveitamento de 67% no ataque. O capitão Filipe, com 10, foi o mais eficiente nas viradas de bola, com 75%.

O levantador Sandro, que começou como titular, foi eleito o melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei.

O levantador Sandro começou como titular e levou o Troféu VivaVôlei (July Stanzioni/São Judas Voleibol)

– Foi um jogo difícil pelo calor, pelo ritmo que eles imprimiram, pois não tinha bola perdida. Precisamos nos manter focados ao máximo. Mas nós sabíamos que este jogo era importantíssimo para chegar na ponta da tabela e saímos com a sensação de dever cumprido – disse o central Isac.

São Judas e Sada voltarão a jogar pela Superliga já no próximo sábado, último dia de competição no ano de 2018. O time paulista receberá o Corinthians-Guarulhos (SP) às 11h em partida que será transmitida pelo Canal Vôlei Brasil. A equipe mineira seguirá em São Paulo para o clássico contra o Sesi-SP, que será às 21h30, com transmissão ao vivo do SporTV 2.

Logo após a partida, Isac já estava com o foco voltado para o próximo confronto:

– Agora já é pensar na partida de sábado, para jogarmos bem contra o Sesi-SP, que também está na briga. Temos que fazer o melhor possível para abrir essa liderança – concluiu o central do Sada Cruzeiro.

O jogo

O Sada  abriu dois de vantagem no começo da partida em 7/5. Com Willian, o São Judas chegou ao ponto de empate em 9/9 e, no ace de Leitze, assumiu o comando do marcador em 10/9. Quando o time da casa marcou mais um ponto, Marcelo Mendez pediu tempo. A vantagem do time anfitrião chegou a três em 15/12. Com Éder Levi foi a vez de o Cruzeiro deixar tudo igual no placar em 18/18. Novo empate em 20/20 e em 23/23. O equilíbrio permaneceu até o time cruzeirense fechar em 26/24.

No bloqueio, o São Judas teve um de vantagem em 3/2. No ace de Szot, os donos da casa fizeram 5/2. A vantagem esteve em 7/4. As equipes empataram em 9/9 e, no bloqueio, o time paulista fez 10/9. O São Judas Voleibol teve dois em vantagem em 15/13. O Sada buscou e o segundo set esteve igual em 19/19. Quando o time adversário marcou 22/20, o técnico da casa, Orlando Araújo, pediu tempo. O time da casa buscou e com Willian fez 22/22. Com ace, o São Judas fez 24/24. No bloqueio de Pedro, 26/15 para a equipe paulista. Os cruzeirenses, então, viraram e fecharam em 30/28.

O Sada começou com ritmo mais forte no terceiro set e, com Evandro, abriu 5/2. Com Filipe, o time mineiro colocou cinco pontos de vantagem em 10/5. O São Judas reduziu a diferença no placar em 8/11. Os donos da casa reagiram ainda mais e, em boa passagem de Alisson pelo saque, deixaram tudo igual em 12/12. O grupo visitante voltou a abrir em 16/13. Com Sander pelo fundo meio, o Sada Cruzeiro chegou a marcar 20/14. Com Alisson, o São Judas fez 17/21. O Sada Cruzeiro manteve o controle da parcial e fechou em 25/18.

Confira a classificação da Superliga Masculina, após o jogo de hoje:

Veja também

Santo André vira sobre o Vôlei Renata

Primeiro dia, primeira zebra. O Vôlei Renata, atual bicampeão do Campeonato Paulista, estr…