Home Superliga Sesc vence Sesi e é mais líder do que nunca na Superliga masculina
Superliga - 12 de dezembro de 2018

Sesc vence Sesi e é mais líder do que nunca na Superliga masculina

Em casa, time carioca fez 3 a 0 para abrir seis pontos de frente

O Sesc deu um baita presente para o torcedor na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, na noite desta quarta-feira. Com a vitória sobre o Sesi por 3 sets a 0, parciais de 31-29, 25-22 e 25-23, pela nona rodada da Superliga Cimed 2018-2019, o time comandado por Giovane Gávio disparou na liderança.

O bom resultado levou a equipe carioca a 25 pontos (nove vitória e uma derrota), abrindo seis em relação ao time paulista, que agora divide a vice-liderança (sete triunfos e dois revezes) com o Sada/Cruzeiro (sete vitórias e uma derrota).

O campeão olímpico Wallace teve uma grande atuação, terminando como maior pontuador do clássico com 24 acertos, recebeu o Troféu VivaVôlei.

– Fizemos um bom jogo, bastante consistente, sacando forte e defendendo bem. Acho também que eles não jogaram tão bem, mas conseguimos o mais importante, que era o resultado positivo, vencer um adversário direto. Agora é focar no Cruzeiro – afirmou o oposto, já pensando no próximo confronto contra o ex-clube..

Pelo Sesi, que perdeu a segunda seguida na Superliga, o oposto Alan Souza foi o maior pontuador do time com 15 acertos. Os paulistas reclamaram muito da arbitragem no fim do primeiro set, contestando uma decisão da arbitragem de voltar um saque errado de Tiago Barth, já que o Sesc tentava fazer uma substituição, que não foi autorizada. Apesar de amarelar o time carioca por atraso de jogo, ele fez o lance ser repetido. Na sequência, o central fez um ace, para desespero do Sesi.

Tentativa de bloqueio do líder Sesc (Luciano Belford/Sesc)

– Foram placares altos, mas erramos um pouco mais do que eles. Estão de parabéns e mereceram a vitória. Tem muita coisa para evoluir nesse confronto e daqui pra frente, poderia ter sido um 3 a 2. Eu vim do banco, vi um volume de jogo bom, equilibrado, mas precisamos evoluir – comentou o ponteiro Lipe, que entrou após Renato sentir um problema muscular na coxa.

Neste sábado, o Sesi-SP enfrenta o Vôlei Um Itapetininga, no Ginásio Ayrton Senna, às 13h30. O confronto terá transmissão ao vivo pelo Sportv 2.

Veja também

Irmãs Key e Keyt Alves se enfrentam no Paulista

Companheiras fora das quadras, as irmãs Key e Keyt Alves serão rivais nesta terça-feira, n…