Home Superliga Em Itapetininga, Vôlei Ribeirão abre sequência de dois jogos fora de casa
Superliga - 29 de janeiro de 2019

Em Itapetininga, Vôlei Ribeirão abre sequência de dois jogos fora de casa

Cavalo revive as decisões da Taça Prata e da Superliga B ao enfrentar o Vôlei Itapetininga nesta quarta-feira

O São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão pegou a estrada nesta terça-feira (29.01) para cumprir dois compromissos consecutivos como visitante neste returno da Superliga Cimed 2018/19. Primeiro, em Itapetininga e, na sequência, em Maringá, no Paraná. A delegação chegará em Ribeirão Preto somente no domingo, após os dois jogos, esperando somar o maior número de pontos possíveis. Nesta quarta (30.01), o time de Ribeirão enfrenta o Vôlei Itapetininga, às 20h, no Ginásio Ayrton Senna da Silva, pela terceira rodada do returno da competição.

O confronto já é conhecido no interior paulista pelas histórias parecidas de ambas as equipes e pelas decisões já disputadas. O Vôlei Ribeirão vai reviver as finais da Taça Prata e da Superliga B, quando conseguiu, diante do mesmo adversário, conquistar dois títulos. Desde 2017 foram seis partidas, com três vitórias do Vôlei Ribeirão e três do Itapetininga.

Brunão, central do time ribeirão-pretano, destacou o novo momento do Cavalo, passados os jogos contra os favoritos ao título – Taubaté (4º), Sesc-RJ (3º), Sesi-SP (2º) e Cruzeiro-MG (1º).

– Depois de uma sequência muito forte, contra as potências que brigam pelo título, a gente entra em outro estágio, enfrentando equipes de nível parecido. Fizemos treinos específicos e vamos explorar um jogo eficiente em Itapetininga. Temos reais condições de brigar pela vitória fora de casa, assim como já fizemos contra o Caramuru – disse o jogador, destacando a vitória sobre o Caramuru por 3 sets a 0, em Ponta Grossa.

O bloqueio é um dos pontos fortes do Ribeirão na temporada (Renan Bin/FollowX Comunicação)

Com 11 pontos, o Vôlei Ribeirão é o décimo colocado e vai enfrentar um Itapetininga que soma 18 e está em oitavo na Superliga. Um dos pontos fortes do Cavalo está no bloqueio. Petrus, com 34 pontos no fundamento, é o maior bloqueador do campeonato

– Nossa equipe tem uma base de bloqueio alta, o que dificulta o ataque adversário. Junto com nosso saque, é um grande trunfo. Espero que essas atuações se repitam contra o Itapetininga. Vamos entrar forte. Estamos preparados para mais este desafio.

Os perfis nas redes sociais do São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (@VoleiRibeirao) vão divulgar o placar do jogo em tempo real através de Facebook, Instagram e Twitter.

Ajustes na tabela

A partida contra o Fiat/Minas, na Cava do Bosque, que seria no dia 28 de fevereiro, foi transferida pela CBV para o dia 13 de março, em razão do calendário do time adversário em outras competições. O jogo será às 19h e passou a ser o penúltimo do time na fase de classificação.

Veja também

Darlan entre os “mais promissores” do Mundial

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou uma lista com os jogadores mais promiss…