Home Superliga Em partida emocionante, Sesi/Bauru vence o Osasco/Audax no tie-break
Superliga - 26 de janeiro de 2019

Em partida emocionante, Sesi/Bauru vence o Osasco/Audax no tie-break

Equipe se reabilita da derrota sofrida para o Hinode/Barueri na rodada passada

O Sesi Vôlei Bauru venceu o Osasco/Audax por 3 sets a 2 (26/24, 21/25, 26/24, 19/25 e 19/17), nesta sexta-feira à noite, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), pela segunda rodada do returno da Superliga Cimed 2018/2019, e segue na quinta colocação, com 23 pontos (8 vitórias e 5 derrotas). O Osasco ocupa a sexta posição, com 22 pontos (7 vitórias e 6 derrotas).

Com o resultado, a equipe de Bauru se reabilitou da derrota sofrida para o Hinode/Barueri na rodada passada. Na última terça-feira, o time garantiu vaga nas semifinais da Copa Brasil com a vitória por 3 sets a 2 sobre o Sesc RJ, em Marília (SP).

A oposto italiana Valentina Diouf foi a maior pontuadora do Sesi/Bauru, com 19 pontos (Marcelo Ferrazoli/Divulgação)

A oposto Hooker, do time de Osasco, foi a maior pontuadora do confronto, com 22 pontos (19 de ataque, 2 de saque e 1 de bloqueio). As maiores pontuadoras do Sesi foram a oposto italiana Valentina Diouf, com 19, a central Andressa Picussa, com 14, a central Valquiria e a ponteira Tifanny, ambas com 13, e a ponteira cubana Palacio.

O Troféu VivaVôlei ficou com a levantadora Fabíola, do Sesi.

Fabiana ficou com o VivaVôlei (Marcelo Ferrazoli/Divulgação)

O técnico do time de Bauru, Anderson Rodrigues, destacou a conquista da vitória.

– Foi extremamente importante para nós esse resultado. Foi um jogo de muitos erros, de ambas as equipes, mas no momento decisivo do quinto set soubemos ter mais discernimento e fomos felizes com a vitória. Mas, o time ainda vem oscilando muito e precisamos trabalhar ainda mais para corrigirmos isso – ressaltou o treinador do Sesi .

Agora, o time de Bauru foca sua atenção para o próximo compromisso pela Superliga, contra o Minas, atual vice-campeão do torneio, na próxima terça-feira (29.01), às 19h30, em Belo Horizonte (MG), para onde o Sesi viaja neste domingo, 27.01. O duelo será transmitido ao vivo pelo SporTV2. Osasco tem pela frente o Pinheiros, no mesmo dia, às 20h, no Ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo, pela terceira rodada do returno da competição.

Após encarar as mineiras, o Sesi parte rumo a Gramado (RS), onde enfrentará o Dentil/Praia Clube, na próxima sexta-feira (01.02) às 19h30, no ginásio Perinão, em duelo válido pelas semifinais da Copa Brasil. A outra vaga na decisão sairá do confronto entre Minas e Osasco/Audax, às 21h30, no mesmo local. As duas partidas serão transmitidas ao vivo pelo SporTV2.

(Marcelo Ferrazoli/Divulgação)

O jogo

O primeiro set teve início equilibrado, mas o Osasco, com saque agressivo, complicou bastante o passe do Sesi Vôlei Bauru e abriu quatro pontos de vantagem, obrigando Anderson Rodrigues a parar o jogo. No reinício, o time da casa empatou no 21/21 e virou para 24/23 com ace de Palacio. Em seguida, Tifanny erra ataque e o Osasco empata em 24/24. Com bloqueio de Andressa Picussa, o Sesi  fez 25/24 e fechou em 26/24 após erro de ataque do rival.

No segundo set, o domínio das ações se inverteu e foi o Sesi quem abriu vantagem, que chegou a ser de seis pontos no 18/12. Mas, a equipe bauruense caiu de rendimento e voltou a cometer inúmeros erros, permitindo a reação do Osasco, que empatou no 20/20, virou no 21/20 e, em seguida, fechou em 25/21 em sequência de erros do time anfitrião.

Diouf foi a maior pontuadora do Sesi/Bauru, com 19 pontos (Marcelo Ferrazoli/Divulgação)

O terceiro set foi bastante equilibrado e disputado ponto a ponto. O Osasco chegou a ficar em vantagem no placar, mas o Sesi reagiu e na reta final do parcial virou em 21/20. Em final de set emocionante, o time visitante volta a empatar em 22/22 e a equipe de Bauru chega ao set point em 24/23 em ataque de Valquiria, mas Hooker deixa tudo igual em 24/24. Valquiria faz 25/24 para o Sesi, que fecha em 26/24 em erro da levantadora Carol Albuquerque.

O Sesi volta a oscilar negativamente no quarto set permitindo ao Osasco abrir seis pontos de vantagem no 8/2. O time de Bauru esboça reação, mas é logo contido pelas visitantes, que aproveitam os erros da equipe bauruense e ampliam a vantagem para sete pontos no 18/11, obrigando Anderson Rodrigues a pedir tempo. Na volta, o Sesi  diminui a desvantagem para quatro pontos no 19/15 e é a vez de Luizomar de Moura, técnico do Osasco, parar o jogo. Mas, o Sesi volta a cometer erros em momentos decisivos e o Osasco aproveita e fecha a parcial em 25/19.

A oposto norte-americana Hooker, do Ossaco, foi a maior pontuadora do jogo, com 22 acertos (Marcelo Ferrazoli/Divulgação)

O quinto set foi um verdadeiro teste para cardíaco, pois foi disputado ponto a ponto e sem nenhuma das equipes conseguindo abrir vantagem no placar. Até que, na reta final, o Sesi conseguiu ser mais eficiente que o Osasco e finalizou a parcial em 19/17 e o jogo em 3 a 2.

Vôlei Osasco-Audax entrou em quadra com Carol Albuquerque (5), Hooker (21), Walewska (15), Nati Martins (1), Mari Paraíba (16), Angela Leyva (12) e a líbero Camila Brait. Entraram: Natasha (9), Domingas, Kika, Claudinha, Lorenne (2).

Técnico: Luizomar de Moura.

O Sesi Bauru jogou com Fabíola (4), Valentina (19), Valquíria (9), Andressa (19), Gabi Candido (3), Palácios (12) e a líbero Tássia. Entraram: Arlene, Tifanny (11), Edinara (7), Flávia, Naiane, Vanessa.

Técnico: Anderson Rodrigues.

LEIA TAMBÉM

+ Paredão do Dentil/Praia Clube dá show em Curitiba

Lavarini abre o jogo sobre acerto com as coreanas

Alê Oliveira – campeão da Superliga antes de ser repórter do SporTV

Milena Rasic escala o Dream Team do vôlei feminino

+ Horácio Dileo e o desafio de ser o assistente de Marcelo Mendez na Seleção Argentina

 

Veja também

Monza tenta se firmar entre os grandes

Vice-campeão da última liga italiana, o Monza promete brigar em todas as frentes na tempor…