Home Internacional Já classificado, Sesc perde para o Bolivar e elimina Sada/Cruzeiro na Libertadores
Internacional - 10 de janeiro de 2019

Já classificado, Sesc perde para o Bolivar e elimina Sada/Cruzeiro na Libertadores

Líder da Superliga caiu por 3 sets a 0 na Argentina, mas já estava garantido na semi

O Sesc-RJ foi derrotado pelo Bolivar por 3 sets a 0 – parciais de 32/30, 25/23 e 25/20, na noite desta quarta-feira, no ginásio República de Venezuela, na cidade de Bolivar, na Argentina, pela última rodada da Copa Libertadores de Vôlei. O time do técnico Giovane Gávio entrou em quadra já classificado para as semifinais, após vencer o Ciudad Voley, por 3 sets a 0, na terça-feira. Com o resultado da noite anterior, os cariocas chegaram aos 12 pontos e garantira a primeira colocação no Grupo A.

Após a vitória desta quarta-feira, o Bolivar soma 9 pontos e terminou a primeira fase na segunda posição. Os argentinos também derrotaram o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 0, na véspera. O time mineiro foi novamente derrotado hoje, por 3 sets a 2, pelo Ciudad Voley, e ocupa a terceira colocação, com 7 pontos. O Ciudad Voley e o lanterna, com 2 pontos. Sesc RJ e Bolivar vão disputar as semifinais, no dia 13 de fevereiro, em Taubaté.

– Ficamos chateados, claro, pela derrota, porque ninguém gosta de perder, mas não podemos tirar os méritos do time do Bolívar, que fez um grande jogo. Tínhamos um objetivo aqui na Argentina, que era a vaga para a semifinal, e conseguimos. Isso foi o mais importante. Agora é rever o que fizemos de errado para corrigir, virar a chave porque muda a competição, e pensar no Maringá, nosso próximo compromisso, pela Superliga – comentou o ponteiro Japa.

O Grupo B é formado pelos brasileiros EMS/Taubaté/Funvic, Sesi-SP e os argentinos UPCN e Libertad, que vão disputar a segunda etapa da fase classificatória nos dias 15 e 16 de janeiro, no ginásio do Sesi, na Vila Leopoldina, em São Paulo.

O Sesi já tem 6 pontos, empatado com o UPCN. O Taubaté tem 5, e o Libertad, 1. No dia 15, às 18h, o Taubaté enfrentará o UPCN, e, na sequência, o Sesi pega o Libertad. Os confrontos se inverterão no dia 16. As semifinais serão dia 13 de fevereiro, em Taubaté, e a final, dia 14.

Bolivar derrotou o Sada/Cruzeiro, na terça-feira, e o Sesc RJ, na noite desta quarta (Divulgação/Bolivar)

Líder da Superliga Cimed 2018/2019, com 27 pontos (9 vitórias e 2 derrotas), o Sesc RJ volta a jogar no próximo sábado, às 19h, contra o Copel Telecom Maringá (6º com 17 pontos, 5 vitórias e 6 derrotas), na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada do returno da competição. A partida terá transmissão pelo canal Vôlei Brasil. O vice-líder Sada/Cruzeiro (26 pontos, 9 vitórias, 2 derrotas) enfrenta o Vôlei UM Itapetininga (7º na tabela, com 15 pontos, 5 vitórias e 6 derrotas), às 20h30, no Riachão, em Contagem. O SporTV 2 transmite.

LEIA MAIS: 

Egonu marca 44 pontos, mas Novara perde para time de Adenízia

Médico do Sesc RJ admite que Drussyla não tem previsão de volta às quadras

Érika desmente ter sido dispensada do Maccabi Haifa por lesão

Veja também

Sub-21 cai na estreia na Copa Pan-Americana

A Seleção Brasileira masculina sub-21 deu trabalho para Porto Rico, mas estreou com derrot…