Home Superliga Mudanças surtem efeito e EMS/Taubaté vira sobre Caramuru
Superliga - 12 de janeiro de 2019

Mudanças surtem efeito e EMS/Taubaté vira sobre Caramuru

Depois do susto, a normalidade. Assim foi a tarde de sábado para o EMS/Taubaté diante do Caramuru, no Ginásio do Abaeté. Depois de perder o primeiro set, o time paulista virou sobre os paranaenses para fechar em 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/19, 25/18 e 25/19.

A mudança no panorama da partida aconteceu após as mudanças feitas pelo técnico Daniel Castellani no time.

Ainda no primeiro set, o argentino começou a trocar peças. Abouba no lugar de Leandro Vissotto, Douglas Souza na posição de Facundo Conte, Rapha substituindo Uriarte. Com esse trio em quadra, Taubaté afastou a zebra do Caramuru, que fez um primeiro set bem consistente, aproveitando bem a instabilidade do passe paulista, mas depois não manteve o mesmo nível.

Abouba entrou bem na partida (Rafinha Oliveira/Divulgação)

O levantadora Rapha foi eleito o melhor da partida e levou o Troféu VivaVôlei. Lucão, com 17 pontos, foi o maior pontuador dos paulistas. Saindo do banco, Abouba (16) e Douglas Souza (16) também tiveram participação decisiva.

– A gente ficou um pouco fora do normal no início, sem agressividade no saque. O time demorou para entrar em jogo. Mas foi importante ter conseguido a vitória, os três pontos. O time jogou bem depois daquele primeiro set – disse Rapha, que admite que Taubaté ainda tem muito a melhorar.

O levantador Rapha ficou com o Troféu VivaVôlei (Rafinha Oliveira/Taubaté)

Com o resultado, Taubaté chega aos 26 pontos e aguarda os resultados de Sada/Cruzeiro e Sesi para subir se subirá da quarta colocação.

– Temos de melhorar nossa constância, diminuir os altos e baixos. Em determinados momentos, tomamos cinco pontos seguidos por conta dos nossos erros. Em outros dominamos. Temos de acertar assim – completou Lucarelli.

Já Caramuru, que teve o ponteiro Jonatas com 16 acertos, segue em penúltimo, com oito pontos.

LEIA TAMBÉM

+ Perugia retoma ponta do Italiano ao bater Civitanova

+ Confusão no fim de Balneário Camboriú e Pinheiros pela Superliga feminina

Veja também

Flávio admite viver momento especial da carreira

Aos 29 anos, Flávio vive um dos melhores momentos da carreira. O meio de rede defenderá o …