Home Superliga Sesc RJ derrota o Curitiba por 3 sets a 1 e sobe da quinta para a quarta posição
Superliga - 18 de janeiro de 2019

Sesc RJ derrota o Curitiba por 3 sets a 1 e sobe da quinta para a quarta posição

O Sesc RJ derrotou o Curitiba Vôlei por 3 sets a 1 – parciais de 25/12, 25/19, 23/25 e 25/-, em 1h23min de jogo, na noite desta sexta-feira, na abertura da Superliga Cimed Feminina 2018/2019. O time do técnico Bernardinho chegou aos 22 pontos e subiu da quinta para a quarta colocação, beneficiado pela derrota do Sesi/Bauru para o Hinode/Barueri por 3 sets a 0, no encerramento da rodada. O Curitiba segue com 22.

A ponteira russa Kosheleva foi a maior pontuadora do confronto, com 15 pontos (13 de ataque, 1 de bloqueio e um de saque). A ponteira Monique marcou 14 (11 de ataque, 2 de bloqueio e 1 de saque) e a domenicana Peña marcou 13 (11 de ataque e 2 de bloqueio). Pelo Curitiba, o destaque foi a atacante Priscila, com 11 pontos, todos da ataque.

A central Bia, do Sesc RJ foi eleita a melhor jogador do confronto e ficou com o Troféu VivaVôlei.

Bia foi eleita a melhor do jogo (Divulgação)

Na próxima rodada, a equipe do Rio enfrenta o BRB/Brasília, sexta-feira (25.01), às 20h, no Taguatinga, sem transmissão. No mesmo dia, o Curitiba recebe o líder Dentil/Praia Clube, às 19h, em seu ginásio, com transmissão pelo Globoesporte.com.

Antes da partida da segunda rodada da Superliga, o Sesc RJ tem compromisso com a Copa Brasil. O time enfrenta o Sesi/Bauru, na próxima terça-feira, em Marília (SP), pelas quartas de fina do torneio. Todos os outros três confrontos do mata-mata acontecerão na terça-feira:  Dentil/Praia Clube (MG) x Curitiba Vôlei (PR); Hinode Barueri (SP) x Osasco-Audax (SP), e Minas Tênis Clube (MG) x Fluminense (RJ).

Os quatro vencedores seguirão para a fase final Gramado (RS), nos dias 1 e 2 de fevereiro. Todos os duelos terão transmissão ao vivo pelo SporTV 2.

O jogo
A primeira parcial foi marcada por erros dos dois lados (nove do Curitiba e oito do Sesc RJ). A diferença pesou para o lado do Sesc RJ pela maior eficiência no saque e pela tranquilidade de virar as bolas de contra-ataque. O Curitiba, embalado pela torcida, chegou a se manter perto no placar até o time carioca abrir e fechar em 25-19, após um ataque para fora de Priscila.
O triunfo no primeiro set deu mais confiança ao Sesc RJ no segundo. O Curitiba Vôlei conseguiu se manter no jogo até 4-4, quando Monique foi para o saque. Nesse momento, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho abriu impressionantes oito pontos: 12-8. E não deixou mais o Curitiba encostar. Com tantos pontos atrás no marcador, as donas da casa arriscaram muito e continuaram errando muito, garantindo uma vitória tranquila das visitantes, que fecharam em 25-13, num ataque da oposta Monique, na saída de rede.
A supremacia do Sesc RJ na parcial anterior não se repetiu na terceira. Com muitas falhas na recepção, o time carioca viu o Curitiba Vôlei abrir 7-3. Mas Bernardinho pediu tempo e conseguiu arrumar seu time, ao menos temporariamente. O Sesc RJ chegou ao empate em 9-9, buscou a virada em 11-10, num ataque da ponteira Peña, mas parou por ai. Com bons saques da Mariana Aquino, as donas da casa emplacaram quatro pontos seguidos e viraram para 14-11. E com a vantagem confortável, o Curitiba Vôlei teve tranquilidade para, mesmo com uma recuperação do Sesc RJ, fechar em 25-22.
A atuação abaixo do esperado no terceiro set não impactou psicologicamente no Sesc RJ. O time carioca voltou à quadra confiante e abriu 4-0 em três ataques de Monique e um bloqueio de Peña. Logo depois, quando o placar marcava 6-1 para o time carioca, Clésio Prado parou o jogo, mas não adiantou, pois a vantagem aumentou para 10-3. Com tantos pontos a frente no marcador, o Sesc diminuiu o ritmo e viu o Curitiba começar a ameaçar quando Elis fez 16-12. Mas foi só uma ameaça mesmo. Deu Sesc RJ, que fechou a parcial e o jogo em 25-19

LEIA TAMBÉM

CBV libera Herrera para enfrentar o Flu

Veja como ficaram as semifinais da Libertadores

Segundo portal, Band quer voltar a transmitir jogos de vôlei

Fiat/Minas surpreende o favorito Sesc RJ, no Rio, e está nas semifinais da Copa Brasil

Tandara fala sobre futuro após passagem pela China

Veja também

Mineiro masculino: divulgados os oito participantes

A Federação Mineira anunciou, nesta terça-feira, os oito participantes do Estadual masculi…