Home Superliga Sesi-SP vence o Copel/Telecom Maringá e devolve derrota sofrida na Copa Brasil
Superliga - 19 de janeiro de 2019

Sesi-SP vence o Copel/Telecom Maringá e devolve derrota sofrida na Copa Brasil

Paulistas chegam aos 30 pontos e seguem na vice-liderança, atrás do Sada/Cruzeiro

O Sesi-SP derrotou o Copel/Telecom/Maringá por 3 sets a 1 – parciais de 25/20, 21/25, 25/22 e 25/20 -, em 1h48min de jogo, na noite deste sábado, em Maringá, pela segunda rodada do returno da Superliga Cimed Masculina 2018/2019, e manteve a vice-liderança da competição, com 30 pontos, a dois do líder Sada/Cruzeiro.

O duelo reeditou a partida pelas quartas de final da Copa Brasil, semana passada, vencida pelo time do Sul, por 3 sets a 2, em São Paulo. O Maringá avançou às semifinais do torneio, eliminando o rival paulista.

Com a derrota deste sábado, a equipe do Paraná caiu da sexta para a sétima posição, com 20 pontos (6 vitórias e 7 derrotas), mesma pontuação do sexto colocado Fiat/Minas e do Vôlei Renata, quinto na tabela.

O oposto Alan, do Sesi-SP, foi o maior pontuador da partida, com 21 pontos (18 de ataque e 3 de bloqueio) e levou o Troféu VivaVôlei como o melhor em quadra. Pelo Maringá, os destaques foram o oposto Lucas Borges e o ponteiro Daniel Oliveira, ambos com 17 pontos cada um.

O oposto Alan marcou 21 pontos na vitória do Sesi-SP sobre o Copel/Telecom/Maringá (Divulgação/CBV)

– “Sempre importante conseguir uma vitória porque o campeonato está muito equilibrado. Um resultado por três pontos é sempre bom para nos mantermos entre os primeiros na classificação. Jogar contra uma equipe como Maringá, na casa deles, é difícil e é muito bom ganhar –  disse Alan.

O levantador do Maringá, Rodriguinho, lamentou o excesso de erros do seu time

– Cometemos muitos erros e quando você enfrenta uma equipe como a do Sesi-SP não pode errar tanto. Se não me engano, foram 11 erros no primeiro set. Agora é treinar forte para consertar essas falhas e tentar repetir as as boas atuações que a gente vinha fazendo – disse o jogador, em entrevista ao SporTV.

Na próxima rodada, o time paulista recebe o Caramuru, no dia 30.01 (quarta-feira), às 18h, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, com transmissão pelo Globoesporte.com. O Maringá enfrenta o Sada/Cruzeiro, no dia 31.01, no Ginásio do Riachão, em Contagem (MG), a partir das 19h30.

Copa Brasil

Antes dos compromissos pela  Superliga, no entanto, o Maringá joga a fase final da Copa Brasil, no próximo final de semana, em Lages (SC). O time do Sul enfrenta o Sada/Cruzeiro, sábado (26.01), às 19h, no Ginásio Jones Minosso. A outra semifinal será disputada entre Fiat/Minas e EMS/Taubaté/Funvic, a partir das 21h. A final será no domingo, às 19h30. Todos os jogos terão transmissão pelo SporTV.

O jogo

A partida começou com equilíbrio, com o empate em 4/4. O Sesi-SP, então, abriu dois pontos em 6/4 e a vantagem aumentou em 9/6. Quando o time de São Paulo abriu 14/10, Alessandro Fadul pediu tempo. O time visitante teve seis pontos a frente em 16/10. Os visitantes seguiram no comando do placar, chegaram a 21/14 e o técnico do Cope Telecom Maringá parou o jogo novamente. O time da casa, então, reagiu, passou a pontuar mais na reta final do set, mas o Sesi-SP fechou em 25/20.

O ponteiro Lipe, do Sesi-SP, ataca contra o bloqueio de Maringá (João Paulo Santos/Resenha Comunicação)

O Copel Telecom Maringá Vôlei começou na frente no segundo set (3/2). No bloqueio de Éder, o Sesi-SP assumiu o comando do marcador: 4/2. O set esteve igual em 7/7. Diferente da primeira parcial, a segunda teve bastante equilíbrio: 11/11. Os donos da casa abriram dois de vantagem em 16/14. Com Hugo, o Copel Telecom ainda marcou 21/19. Embalado pela torcida, o Copel Telecom venceu por 25/21.

O Sesi-SP teve dois de frente em 6/4 no início do terceiro set. No bloqueio de Éder e Lipe, o time visitante abriu 9/6. Neste momento, Fadul pediu tempo. No ace de Lipe, 13/9. O Sesi-SP ainda marcou 15/11. Com dois bloqueios seguidos, o Copel Telecom Maringá fez 13/15. Com ponto de saque de Vini, o time da cssa encostou em 15/16. Lipe pontuou e o Sesi-SP chegou a 19/16. No bloqueio, os visitantes fizeram 22/18. O Sesi-SP manteve o ritmo e fechou em 25/22.

O Copel Telecom Maringá Vôlei esteve no comando do placar em 3/2 e, com Barreto pelo meio de rede, o Sesi-SP empatou em 3/3. Com Satiro, os donos da casa marcaram 6/4 e depois tiveram apenas um de vantagem em 8/7. No bloqueio de William, o time paulista assumiu o comando (9/8). O set ficou igual em 12/12. Com Renato, o Sesi-SP marcou 16/13. A diferença foi a três (18/15) e Fadul pediu tempo. No bloqueio de Barreto, 22/16. E o Sesi-SP fechou em 25/20.

EQUIPES

COPEL TELECOM MARINGÁ VÔLEI – Rodrigo, Lucas Barros, Johan, Deivid, Hugo e Daniel. Líbero – Mário Jr. Entraram – Vini, Satiro, Thomáz, Jhonatan, Vinícius

Técnico: Alessandro Fadul

SESI-SP – William, Alan, Gustavão, Éder, Lipe e Renato. Líbero – Douglas Pureza. Entraram – Evandro, Franco, Barreto

Técnico: Rubinho

LEIA TAMBÉM:

+ Fiat/Minas derrota o Vôlei Renata em Campinas e mantém bom momento na Superliga

+ Wallace: “Não adianta ser o maior pontuador e o time perder”

+ Segundo portal, Band quer voltar a transmitir jogos de vôlei

 

Veja também

Paulista com cinco jogos nesta sexta-feira

A sexta-feira promete ser bastante movimentada no Campeonato Paulista. A segunda rodada da…