Home Superliga EMS/Taubaté vira, após estar perdendo por 2 a 1, e derrota o Fiat/Minas no tie-break
Superliga - 7 de fevereiro de 2019

EMS/Taubaté vira, após estar perdendo por 2 a 1, e derrota o Fiat/Minas no tie-break

Em mais um jogo emocionante entre EMS/Taubaté/Funvic e Fiat/Minas, dessa vez a vitória foi paulista. O time do técnico argentino Daniel Castellani derrotou os mineiros por 3 sets a 2 , de virada – parciais de 26/24, 22/25, 21/25, 25/20 e 15/13 -, em 2h13min de partida, no Ginásio Abaeté, em Taubaté (SP), na abertura da quinta rodada do returno da Superliga Cimed Masculina 2018/2019.

Foi o segundo encontro entre os dois times em menos de duas semanas. No dia 26 de janeiro, os mineiros derrotaram os rivais também por 3 sets a 2, em Lages (SC), pelas semifinais da Copa Brasil e ficaram com o vice-campeonato, após perder a decisão para o Sada/Cruzeiro.

A rodada segue nesta sexta-feira com mais um jogo e os outros quatro acontecem no sábado (veja a relação das partidas no final da matéria).

O oposto Davy, do Fiat/Minas, foi o maior pontuador do jogo, com 2o pontos (17 de ataque, 2 de bloqueio e 1 de saque). Pingo foi outro destaque do time mineiro, com 18 pontos (13 de ataque, 3 de bloqueio e 2 aces).

O Fiat/Minas chegou a estar vencendo por 2 sets a 1 (Orlando Bento/MTC)

Quem mais pontuou no Taubaté foi o oposto Abouba, com 11 acertos (8 ataques e 3 bloqueios). O ponta Douglas Souza, que entrou no decorrer da partida e marcou 8 pontos (7 de ataque e 1 de bloqueio) foi eleito o melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei.

Com o resultado, o Taubaté subiu da terceira para a segunda colocação na tabela, agora com 37 pontos (13 vitórias e 3 derrotas), mas pode ser superado pelo Sesi-SP, que enfrenta o Vôlei Renata, neste sábado, em Suzano. O Sada/Cruzeiro é o líder isolado da Superliga, com 38 pontos. O Minas manteve-se na quinta colocação, com 27 pontos (9 vitórias e 6 derrotas) e não corre o risco de ser superado nesta rodada, já que o sexto colocado, o Copel Telecom/Maringá, tem 23 pontos.

Na próxima rodada, o Minas recebe o Sesc RJ, no dia 17.02, um domingo, na Arena do Minas, em Belo Horizonte, pela sexta rodada do returno, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. O Taubaté enfrenta o Vôlei UM/Itapetininga no dia 16.02 (sábado), às 18h30, em Taubaté.

Abouba é um dos destaques do Taubaté na temporada (Rafinha Oliveira/Divulgação)

Antes do confronto pela competição nacional, no entanto, a equipe paulista tem o compromisso pela Copa Libertadores. Na terça-feira (12.02), o time do técnico argentino Daniel Castellani enfrenta o Bolívar (ARG), às 21h, em casa, pela semifinal da competição. A outra semifinal será disputada entre Sesc RJ e Sesi-SP, no mesmo dia e local, às 19h. A decisão será na quarta-feira (13.02), às 19h.

O Taubaté venceu o primeiro set apertado, por 26 a 24, mas o Minas virou, motivado em uma atuação quase perfeita do oposto Davy.

No quarto set, o Taubaté voltou mais agressivo, principalmente no saque e comandou o placar até o sétimo ponto, fazendo 7 a 5. Marlon saiu machucado – sentiu uma lesão nos dedos após um bloqueio sobre Lucarelli – e o levantador reserva Winck entrou na equipe. Ele é o terceiro levantador do Minas. O segundo, Carisio, se machucou há duas semanas e vem desfalcando o grupo. O time mineiro sentiu a saída do capitão Marlon e não conseguiu manter o ritmo forte no ataque.

Em uma sequência de boas defesas do Minas, os visitantes viraram para 10 a 7. Mas, o Taubaté não se entregou e, em boa passagem de Lucão no saque virou para 11 a 10. O Minas passou a errar muito os ataques pelas pontas, principalmente. Do outro lado, Lucarelli  e Abouba não perdoavam e rapidamente os donos da casa fizeram 21 a 15.

Rafinha Oliveira/Divulgação

O Minas abriu 2 a 0 com um bom contra-ataque de Honorato, mas o Taubaté empatou após um bom saque de Abouba: 2 a 2. Lucarelli virou em  4 a 3. Os dois times seguiram trocando pontos. O time paulista virou de quadra na frente do marcador: 8 a 7. O Taubaté abriu dois pontos em um erro de ataque do Davy (10 a 8), obrigando o técnico Nery Tambeiro a pedir tempo. Na volta, um bloqueio de Flávio empatou tudo de novo: 10 a 10 e foi a vez de Castellani parar o jogo. O jogo seguiu equilibrado. Quando estava 14 a 13 para o time da casa, Bob teve a bola do empate, mas atacou muito alto, tentando explorar o bloqueio. Depois de um rali, Lucão definiu o ponto, fechando o set em 15 a 13 e o jogo em 3 sets a 2.

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 18/19

Quinta rodada do returno

07.02 (QUINTA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) x Fiat/Minas (MG), às 20h, no Abaeté, em Taubaté (SP) – GLOBOESPORTE.COM (26/24, 22/25, 21/25, 25/20 e 15/13)

08.02 (SEXTA-FEIRA) – Sesi-SP x Vôlei Renata (SP), às 19h, na Arena Suzano, em Suzano (SP) – CANAL VÔLEI BRASIL

09.02 (SÁBADO) – São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) x Caramuru Vôlei (PR), às 17h, na Cava do Bosque, em Ribeirão Preto (SP)

09.02 (SÁBADO) – Vôlei UM Itapetininga (SP) x Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 18h, no ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP)

09.02 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro (MG) x Corinthians-Guarulhos (SP), às 18h30, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG) – SPORTV 2

09.02 (SÁBADO) – Sesc RJ x São Judas Voleibol (SP), às 19h, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ)

LEIA MAIS: 

Entrevista exclusiva com a russa Kosheleva

Minas Gerais prestes a ser anunciada como sede do Pré-Olímpico

Coluna do editor Daniel Bortoletto: O calendário precisa ser revisto

As definições dos Sul-Americanos feminino e masculino em BH

Sesc RJ vence o Sesi/Bauru e se vinga da eliminação na Copa Brasil

Fabiana lamenta derrota e admite: “Não jogamos bem”

 

Veja também

Santo André vira sobre o Vôlei Renata

Primeiro dia, primeira zebra. O Vôlei Renata, atual bicampeão do Campeonato Paulista, estr…