Home Superliga Fiat/Minas bate o Sesc RJ em BH e segue sonhando em entrar no G4
Superliga - 17 de fevereiro de 2019

Fiat/Minas bate o Sesc RJ em BH e segue sonhando em entrar no G4

Com o levantador Carísio no lugar do titular Marlon – que se recupera de uma lesão sofrida na mão direita, na semana passada -, o Fiat/Minas derrotou o Sesc RJ por 3 sets a 1 – parciais de 25/15, 24/26, 25/21 e 25/22 -, na manhã deste domingo, na Arena do Minas, em Belo Horizonte, no encerramento da sexta rodada do returno da Superliga Cimed Masculina 2018/2019.

Com o resultado, os minastenistas se mantiveram na quinta colocação, agora com 30 pontos (10 vitórias e 5 derrotas) a cinco do próprio Sesc RJ, quarto colocado na tabela. Terminar os playoffs em quarto lugar significa decidir a vaga para as semifinais em casa e, por isso, a equipe do técnico Nery Tambeiro segue firme no propósito de subir de colocação.

O time comandado pelo técnico Giovane Gávio sofreu sua quinta derrota na competição (contra 12 vitórias) e deixou escapar a chance de encostar no terceiro colocado, o EMS/Taubaté/Funvic, que tem 39 pontos. Foi a segunda derrota consecutiva do time do Rio de Janeiro para a equipe mineira. A primeira foi mês passado, quando o Sesc RJ foi eliminado nas quartas de final da Copa Brasil, por 3 sets a 2, de virada, em casa.

O levantador Carísio foi eleito o melhor da partida (Orlando Bento/MTC)

Carísio, que teve a difícil missão de substituir Marlon, deu conta do recado e acabou eleito o melhor em quadra, faturando o Troféu VivaVôlei.

– Fico feliz por ter conseguido atender as expectativas -, disse o levantador, que recuperou-se recentemente de uma lesão no olho, após ter levado uma bolada durante o aquecimento da partida contra o Sesc RJ, no Rio de Janeiro, pelas quartas de final da Copa Brasil.

O oposto Felipe Roque, do Minas, foi o maior pontuador do jogo, com 20 acertos (16 de ataque, 3 de bloqueio e 1 de saque). O destaque do Sesc RJ foi o oposto Wallace, com 17 pontos (15 de ataque, 1 de bloqueio e 1 ace).

Felipe Roque marcou 20 pontos e foi o maior pontuador do jogo (Orlando Bento/MTC)

O próximo adversário do Fiat/Minas é o Sesi-SP, vice líder da Superliga, quarta-feira, às 20h, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), pela sétima rodada do returno, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. O Sesc RJ recebe o EMS/Taubaté/Funvic, no mesmo dia, às 19h, na Arena Jeunesse, no Rio de Janeiro (RJ), com transmissão pelo canal Globoesporte.com.

O jogo

Wallace abriu o placar da partida explorando o bloqueio adversário. Com Aracaju bem no saque, o Sesc RJ abriu 3/0. No bloqueio de Roque, o Fiat/Minas empatou em 3/3 e no ace de Matheus, virou e fez 4/3. Com mais um bloqueio, dessa vez com Flávio, 5/3. Com Flávio no ataque, 6/3. Quando Flávio marcou mais um ponto de bloqueio, a equipe da casa fez 8/5 e Giovane pediu tempo.

O Fiat/Minas aumentou a vantagem em 12/6. Em boa passagem de Carísio pelo saque, o Minas chegou a 14/7 no bloqueio de Matheus. Ainda com Carísio no saque, 16/7. A diferença no placar a favor dos donos da casa aumentou em 20/10. O Fiat/Minas ainda marcou 22/12. E com Honorato, a equipe mineira fechou o primeiro set em 25/15.

Embalado pelo bom desempenho no set anterior, o Fiat/Minas começou bem no segundo, abrindo 3/1. No ace de Maurício Borges, tudo igual: 3/3. Matheus bloqueou e marcou 6/4 para a equipe mineira. No bloqueio, o Sesc RJ empatou em 6/6 e com Penchev assumiu o comando do marcador em 7/6.

O Sesc RJ chegou a empatar o jogo no segundo set (Orlando Bento/MTC)

O time visitante ainda abriu 8/6 e no bloqueio de Matheus o Fiat/Minas chegou ao empate em 8/8. Com ponto de bloqueio de Thiaguinho, o Sesc RJ voltou a abrir dois: 11/9. Mais uma vez a equipe da casa deixou tudo igual: 11/11. Em uma parcial extremamente equilibrada, o placar esteve empatado em 15/15, 17/17, 19/19. Quando o Fiat/Minas marcou 20/19, no erro do adversário, Giovane pediu tempo.

Na volta, Maurício Borges marcou 20/20 Na reta final do set, o Sesc RJ esteve melhor e abriu vantagem em 23/21. No bloqueio de Piá, o Fiat/Minas empatou mais uma vez (23/23). Flavio pontuou no saque, fez 24/23 para o time da casa, e Giovane pediu tempo. No ace de Wallace, 26/24 para o Sesc RJ.

O set esteve igual até que, com Maurício Borges, o Sesc RJ colocou um de vantagem em 4/3. Wallace bloqueou e fez 5/3. O Fiat/Minas buscou e empatou em 6/6. Com ponto de bloqueio de Matheus, o time da casa virou o set: 9/8. Honorato recebeu uma bola acelerada, pontuou no contra-ataque, depois de boa defesa de Matheus, e levou o Fiat/Minas a 11/9. Mais uma vez com Honorato, dessa vez no bloqueio, o time da casa abriu 13/10 e Giovane pediu tempo. O placar ainda foi a 14/10.

Honorato comemora (Orlando Bento/MTC)

Com bloqueio de Matheus, 17/12. Em grande ataque de Piá, o Fiat/Minas chegou a 18/13. Wallace pontuou pela entrada de rede e diminuiu a desvantagem do time carioca em 17/21. Felipe Roque marcou 23/19 para a equipe da casa. A diferença no placar caiu em 23/20 e Nery pediu tempo. No final, vitória do Fiat/Minas por 25/21.

O início do set foi mais uma vez bem equilibrado, com as equipes empatando em 4/4. Em boa passagem de Djalma pelo saque, o Sesc RJ abriu 6/4. Em boa passagem de Carísio pelo saque, o Fiat/Minas chegou a 6/6. Com Felipe Roque, foi a vez de a equipe da casa abrir dois de vantagem em 10/8.

Bloqueio do Minas para o ataque de Maurício Borges (Orlando Bento/MTC)

Com Roque mais uma vez, dessa vez pontuando no saque, o grupo de Belo Horizonte marcou 12/9. Djalma colocou p Sesc RJ encostado no placar em 13/14. Com Roque pontuando pela entrada da rede, 16/14. Honorato marcou 17/15. Matheus pontuou no saque e fez 18/15. Com Djalma pontuando bem, o Sesc RJ encostou em 19/20. Com Piá duas vezes seguidas, o time mineiro marcou 22/19. O Fiat/Minas seguiu melhor e fechou em 25/22.

Fiat/Minas: Honorato, Carísio, Matheus, Bob, Flávio, Felipe Roque e Maique (líbero).
Entraram: Winck, Elian e Piá
Técnico: Nery Tambeiro

Sesc-RJ: Maurício, Wallace, Leandro, Thiaguinho, Barth, Penchev e Brendle (líbero).
Entraram: PV, Everaldo, Alexandre, Japa e dJALMA
Técnico: Giovane Gávio

LEIA TAMBÉM

Lucarelli é o nome mais comentado no mercado europeu

Hinode Barueri vira e vence o Sesc RJ no Rio de Janeiro

Navajas assume o EMS/Taubaté para por ordem na casa: “Vai ter atitude e time titular definido”

Os argentinos deram uma aula para nós, brasileiros

+ EMS/Taubaté demite Castellani e Ricardo Navajas assume o time interinamente

Estilo e métodos de Lavarini conquistam Minas

Entrevista exclusiva com a russa Kosheleva

Veja também

Paulista com cinco jogos nesta sexta-feira

A sexta-feira promete ser bastante movimentada no Campeonato Paulista. A segunda rodada da…