Home Internacional Jogadores Sada/Cruzeiro aprovam rodagem feita pelo técnico Marcelo Mendez
Internacional - 28 de fevereiro de 2019

Jogadores Sada/Cruzeiro aprovam rodagem feita pelo técnico Marcelo Mendez

Os jogadores do Sada/Cruzeiro aprovaram a decisão do técnico Marcelo Mendez de escalar o time reserva na vitória sobre o Regatas Lima (PER), por 3 sets a 0 – parciais de 25/13, 25/14 e 25/14, em apenas 55 minutos – na noite de quarta-feira, na Arena do Minas, em Belo Horizonte (MG).  Com o resultado, e com a vitória na estreia sobre o argentino UPCN, por 3 sets a 2, os cruzeirenses assumiram o primeiro lugar do grupo B e vão enfrentar nas semifinais o segundo colocado da chave A – que será definido na noite desta quinta-feira. O confronto acontece a sexta-feira, 1 de março, às 21h30, também na Arena, com transmissão do SporTV 2.

– Vamos precisar de todos neste prosseguimento da competição. Aproveitei para rodar alguns jogadores, foi uma boa atuação e cumprimos o que tínhamos que fazer, que era ganhar o jogo. Agora é pensar na semifinal e estudar o adversário da próxima fase – disse Marcelo Mendez.

O adversário do Cruzeiro, que folga nesta quinta-feira, será o vencedor do jogo entre o argentino Obras de San Juan e o Nacional, do Uruguai, nesta quinta-feira.

Marcelo Mendez escalou os reservas contra o Regatas Lima (Agenciai7/Divulgação)

O Fiat/Minas, anfitrião, também assumiu o primeiro lugar do grupo A na quarta-feira, após bater o Nacional por 3 a 0. Seu adversário na próxima fase poderá ser o UPCN ou o peruano Regatas Lima. Os dois times também se enfrentam nesta quinta, às 20h.

O ponteiro Leozinho, com 82% de aproveitamento no ataque, foi o maior pontuador, ao lado do central Robert, ambos com 10 pontos.

– A gente sabia que era um time mais fraco, mas foi bom porque o Marcelo pôde rodar bastante o time e foi uma grande oportunidade pra alguns jogadores fazerem uma partida inteira, como o líbero Bauer, por exemplo. Todo mundo respondeu bem à decisão do Marcelo e o pessoal tem que estar sempre pronto pra qualquer situação – afirmou o central Éder Levi.

O ponteiro Rodriguinho também falou da importância de dar rodagem para o elenco.

– Eu acho super importante, principalmente para aqueles que não têm oportunidade de entrar tanto. Daqui a pouco a gente na fase de mata-mata. Todos têm que estar preparados, pode ser que um precise entrar pra sacar, pra bloquear. Uma troca, um ponto pode fazer a diferença. É um campeonato curto, então uma escorregada, um vacilo e você pode ficar fora de uma decisão. Amanhã a gente não joga e agora é nos preparar para fazer o nosso melhor e ter um resultado positivo na semifinal – reforçou Rodriguinho.

LEIA TAMBÉM

Bruna  Honório: “Estou na melhor fase da minha carreira”

Um papo com o campeão olímpico Bruno Schmidt

Mundiais de Clubes com formatos diferentes em 2019

O fim precoce das transmissões da TV Gazeta

Veja também

Maique: “Estamos buscando identidade para o grupo”

A Seleção Brasileira masculina está na França fazendo os últimos ajustes para o Campeonato…