Home Superliga Novo duelo entre os vizinhos Osasco/Audax e Hinode/Barueri
Superliga - 7 de fevereiro de 2019

Novo duelo entre os vizinhos Osasco/Audax e Hinode/Barueri

Time de Osasco vem de uma sequência de vitórias sobre o rival

Osasco/Audax recebe o Hinode/Barueri nesta sexta-feira, às 21h30, no ginásio José Liberatti, com transmissão do SporTV 2, pelo returno da Superliga Cimed feminina, no clássico entre vizinhos da Região Metropolitana de São Paulo.

As donas da casa tentam manter o retrospecto de vitórias diante do adversário, que chega a sete resultados positivos em sete confrontos.

Nesta temporada, o Vôlei Osasco bateu o Hinode no primeiro turno da Superliga Cimed e nas quartas de final da Copa Brasil, ambas as partidas disputadas no ginásio José Correa, em Barueri. Ano passado, foram mais cinco resultados positivos, quatro pela Superliga 2017/18 e um na disputa por um lugar na semifinal da Copa Brasil, competição em que as osasquenses conquistaram o título.

Mesmo com histórico favorável, ninguém espera jogo fácil no José Liberatti.

– Barueri tem um time forte e quem vem fazendo uma boa campanha na Superliga. Nós buscamos nos superar jogo a jogo e temos conseguido. Vamos para mais uma rodada unidas e confiantes. Trabalhamos muito nos treinos, estudamos o jogo delas mais ainda e esperamos conseguir colocar em prática todo esse trabalho – explica a central Nati Martins.

Treino da equipe em Osasco (João Pires/Fotojump)

Na tabela de classificação da Superliga, Osasco vem em uma crescente. Ganhou posições e hoje ocupa o quinto lugar, mas com um jogo a menos que os demais times. Já Barueri aparece na terceira posição.

– São dois times que se conhecem bem, se enfrentaram várias vezes nas duas últimas temporadas e vamos buscar jogar o nosso melhor vôlei nessa partida, que é um confronto direto na briga pelas primeiras posições na fase de classificação da Superliga – avalia o técnico Luizomar de Moura.

Pelo lado do Hinode Barueri, a ponteira Amanda ressaltou o equilíbrio do duelo e mostrou confiança em um bom desempenho do time do treinador José Roberto Guimarães.

– São equipes que se conhecem bastante. O Osasco-Audax é um time tradicional na Superliga Cimed, tem um elenco com jogadoras experientes e vão jogar em casa. Sabemos que será um jogo duro e estamos trabalhando para fazer uma partida ainda melhor nesse segundo turno – explicou Amanda.

LEIA TAMBÉM

O calendário do vôlei precisa ser discutido

+ Mineiras terão reencontro no Sul-Americano

Minas Gerais prestes a ser anunciada como sede do pré-olímpico

Uma entrevista com o gigante russo Muserskyi, carrasco do Brasil na final de Londres-2012

Le Roux, do Sada/Cruzeiro: assinaria a renovação do contrato de olhos fechados

Veja também

Maique: “Estamos buscando identidade para o grupo”

A Seleção Brasileira masculina está na França fazendo os últimos ajustes para o Campeonato…