Home Superliga São Caetano vira, após estar perdendo por 2 a 0, e segue escapando do rebaixamento
Superliga - 26 de fevereiro de 2019

São Caetano vira, após estar perdendo por 2 a 0, e segue escapando do rebaixamento

Time do técnico Antonio Rizola ocupa a nona posição e sonha com G8

Em um jogo de muita emoção, o São Cristóvão/São Caetano derrotou o Pinheiros, de virada, por 3 sets a 2, depois de estar perdendo por 2 a 0 – parciais de 18/25, 17/25, 25/23, 25/18 e 15/6 -, na noite desta terça-feira, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP), pela nona rodada do returno da Superliga Cimed Feminina 2018/2019.

Com o resultado, o time do técnico Antônio Rizola subiu da 10ª para a nona posição, com 18 pontos, a quatro do BRB/Brasília, primeiro time na zona de rebaixamento, e sonha com o G8. A equipe está 5 pontos do Curitiba, primeiro grupo na zona de classificação para os playoffs e, a duas rodadas do fim da fase classificatória da Superliga, ainda há seis pontos em disputa. Pinheiros caiu da nona para a décima posição, com 17 pontos e está a três da zona de rebaixamento.

A ponteira Sonaly, do São Caetano, foi eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei.

Sonaly ficou com o VivaVôlei (Divulgação)

A também ponteira do São Caetano Fernanda Tomé foi a maior pontuadora do jogo, com 21 pontos (14 de ataque, 5 de bloqueio e 2 de saque). A central Fernanda Ísis marcou 14 – 7 de bloqueio e 7 de ataque. Pelo lado do Pinheiros, o destaque foi a central Camila Paracatu, com 17 pontos (11 de ataque, 4 de bloqueio e 1 de saque), seguida pela ponteira cubana Herrera, que marcou 13 pontos (11 de ataque, 1 de bloqueio e 1 de saque).

Na próxima rodada, dia 8 de março (uma sexta-feira), o time do ABC paulista enfrenta o Fluminense, no Ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ), às 19h, pela décima rodada do returno. O Pinheiros recebe o Sesi/Bauru, no dia 9, às 18h, no Ginásio Villaboin, em São Paulo, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil.

Confira a classificação

LEIA TAMBÉM

Bruna  Honório: “Estou na melhor fase da minha carreira”

Renan fala do desafio em Taubate, divisão com a Seleção, Leal e muito mais

Confusões, expulsões e problema com juiz em jogo da Superliga B

Um papo com o campeão olímpico Bruno Schmidt

Mundiais de Clubes com formatos diferentes em 2019

O fim precoce das transmissões da TV Gazeta

Um papo com a central Adenízia

Veja também

Fluminense: aposta em elenco alto, jovem e agressivo

Primeiro campeão brasileiro de vôlei feminino, em 1976, e seis vezes campeão sul-americano…