Home Superliga Sesc faz clássico dos treinadores em busca de sétima vitória seguida
Superliga - 15 de fevereiro de 2019

Sesc faz clássico dos treinadores em busca de sétima vitória seguida

Embalado, time de Bernardinho encara o de Zé Roberto no Rio

O confronto entre os times dos dois técnicos mais vencedores do vôlei brasileiro sempre traz uma importância a mais. E neste sábado, quando Sesc RJ, de Bernardinho, e Barueri, de José Roberto Guimarães, entrarem em quadra, às 18h30, na Jeunesse Arena, realmente terá um algo a mais para os times buscarem. Afinal, as equipes brigam diretamente pelo terceiro lugar na tabela de classificação da Superliga Cimed Feminina 18/19. Atualmente o time carioca ocupa o posto, com 37 pontos, enquanto o rival paulista tem 32, na quarta posição.

Com seis vitórias consecutivas no returno, o Sesc RJ tem mostrado uma grande evolução. Bem diferente da equipe que acabou derrotada pelo Baureri, no primeiro turno da Superliga. Por isso, a expectativa é de que, se mantiver o desempenho dos últimos confrontos, conquiste mais um triunfo na sua caminhada para tentar uma melhor posição na classificação.

– Sabemos que esse jogo tem uma importância grande, pois é praticamente um confronto direto e pode definir muita coisa. Para nós, seria fundamental ganhar para abrir distância de quem está embaixo na classificação. Jogamos muito mal contra elas fora, no primeiro turno, mas agora estamos em uma crescente. Se mantivermos a regularidade dos últimos jogos, temos tudo para fazer mais um ótimo jogo. Para isso, temos estudado bastante o time delas. Vamos jogar na Arena, um ginásio maior, e precisamos nos adequar logo. A linha de passe do Barueri é muito boa e precisamos sacar bem – analisou a levantadora e capitã Roberta.

Um dos grandes destaques do Sesc RJ, a meio de rede Juciely sabe que será preciso tomar muito cuidado com as adversárias experientes que estarão do outro lado da rede. E justamente pela qualidade das atletas das duas equipes, ela prevê uma partida emocionante.

Clássico entre Sesc e Barueri (Gisa Alves/Divulgação)

– A certeza que temos é que será um grande jogo. Difícil e com muitas emoções. O Barueri conta com jogadoras experientes como Dani Lins, Thaisa, a polonesa (Skowronska), que vem sendo uma peça chave do time. Elas fizeram grandes jogos contra o Minas, tirando até a invencibilidade delas. Nós sabemos que é um jogo muito importante, que pode nos ajudar na tabela de classificação e continuaremos com nossa busca por uma regularidade e trabalhando muito para conseguir jogar o nosso melhor – finalizou Juciely.

O ingresso para a partida será a troca de 2 kg (dois quilos) de alimentos não perecíveis, realizada na Jeunesse Arena, a partir de 16h30. Os donativos serão revertidos para instituições de assistência social previamente cadastradas no Mesa Brasil Sesc no estado do Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM

Lucarelli é a bola da vez brasileira no mercado

Castellani deixa comando do EMS/Taubaté. Navajas assume

Estilo e métodos de Lavarini conquistam Minas

Entrevista exclusiva com a russa Kosheleva

Veja também

Com 11 casos de covid, Osasco faz “treino virtual”

O Osasco/São Cristóvão Saúde confirmou hoje mais três novos casos de coronavírus, fazendo …