Home Superliga Sesc RJ derrota o Pinheiros e comprova boa fase na Superliga
Superliga - 8 de fevereiro de 2019

Sesc RJ derrota o Pinheiros e comprova boa fase na Superliga

O Sesc RJ derrotou o Pinheiros por 3 sets a 0 – parciais de 25-22, 25-22 e 25-14  -, nesta sexta-feira à noite, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, e assumiu a terceira colocação na Superliga Cimed Feminina 2018/2019.

O time do técnico Bernardinho foi beneficiado pela derrota do Hinode/Barueri para o Osasco/Audax. O Pinheiros segue na nona colocação, com 14 pontos.

Foi o quinto resultado positivo das cariocas na Superliga.

O Sesc teve uma divisão bem equilibrada na pontuação. A dominicana Peña somou 11, um a mais do que a oposto Monique. As centrais Bia e Juciely anotaram oito pontos cada, enquanto Kosheleva terminou com sete.

Para delírio da torcida local, o jogo terminou com um ponto de ataque de Drussyla, em processo de recuperação física e técnica após sofrer uma fratura por estresse.

O VivaVôlei acabou nas mãos de Peña.

Peña comemora com Gabiru (Divulgação Sesc)

Pelo time de Sérgio Negrão, sem Clarisse e Herrera, a jovem Pietra, filha do campeão olímpico Paulão, teve nove acertos.

– Estamos mostrando nossa evolução jogo a jogo. Hoje, o fato casa ainda ajudou bastante. Gosto quando jogamos no Tijuca, com nossa torcida fazendo bastante barulho e incomodando o adversário. Aqui conseguimos sacar bem. E diante do Pinheiros, que depende muito da velocidade, isso é fundamental. Tiramos isso delas e conseguimos ditar nosso ritmo, com nosso bloqueio funcionando muito bem. Seguiremos trabalhando para melhorar ainda mais, a cada jogo. Queremos muito chegar bem lá na frente – analisou Monique.

Peña faturou o VivaVôlei (Divulgação)

O Sesc RJ volta à quadra na próxima terça-feira (12.02), às 19h, contra o Fluminense, no Ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro, pela sexta rodada do returno. O Pinheiros encara o Dentil/Praia Clube, na segunda-feira, às 20h30, na Arena do Praia, em Uberlândia (MG), com transmissão pelo SporTV.

LEIA MAIS: 

+ Mundo do vôlei se solidariza com tragédia no CT do Flamengo

Entrevista exclusiva com a russa Kosheleva

Minas Gerais prestes a ser anunciada como sede do Pré-Olímpico

Coluna do editor Daniel Bortoletto: O calendário precisa ser revisto

As definições dos Sul-Americanos feminino e masculino em BH

+ Mari e Jaque juntas na praia? Campeãs olímpicas não descartam

Veja também

Flávio admite viver momento especial da carreira

Aos 29 anos, Flávio vive um dos melhores momentos da carreira. O meio de rede defenderá o …