Home Superliga Sesi-SP supera o EMS Taubaté, fora de casa, e segue a um ponto do líder Sada/Cruzeiro
Superliga - 23 de fevereiro de 2019

Sesi-SP supera o EMS Taubaté, fora de casa, e segue a um ponto do líder Sada/Cruzeiro

O Sesi-SP esteve na casa do adversário e, mesmo sob a pressão da torcida contra, superou o EMS/Taubaté/Funvic (SP), na noite deste sábado, pela oitava rodada do returno da Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019. No ginásio Abaeté, em Taubaté (SP), a equipe da Vila Leopoldina venceu por 3 sets a 1, com parciais de 26/24, 25/19, 23/25 e 25/17.

Com a vitória por três pontos, o Sesi-SP colou no líder Sada Cruzeiro (MG) na tabela de classificação. Agora, a equipe cruzeirense soma 48 pontos e o time dirigido pelo técnico Rubinho chegou a 47. O Taubaté segue em terceiro, porém mais distante na pontuação, com 41.

O levantador William faturou o VivaVôlei (Renato Antunes/Maxx Sports)

Eleito o melhor jogador da partida, o levantador William ficou com o Troféu VivaVôlei e analisou a vitória do seu time:

– Foi um bom jogo. Poderíamos ter feito um 3 a 0, mas nesse nível pecar em algumas bolas na hora de definir é fatal, ainda mais fora de casa. O adversário jogou com apoio da torcida, deu uma inflamada em umas bolas defendidas e complicou. Mas, o nosso time foi bem coeso, firme, jogamos concentrados o tempo todo, administramos bem a pequena vantagem que tivemos durante o jogo, rodamos bem e colocamos pressão no time deles – disse William.

O levantador do Sesi-SP ainda elogiou o crescimento da equipe:

– Nosso time está crescendo e mostrando um padrão de jogo bem interessante. De pouco tempo para cá, o time melhorou bastante nesse sentido e agora é trabalhar nesse finalzinho de returno para conseguir estar entre os dois primeiros e ter alguma vantagem, se é que existe qualquer vantagem em um campeonato tão equilibrado como esse.

O oposto Alan (à esq) marcou 21 pontos (Renato Antunes/Maxx Sports)

O Taubaté enfrenta o São Francisco Saúde/Ribeirão na próxima quinta-feira, às 20h, no Ginásio Abaeté, casa, pela 10ª rodada da Superliga. O jogo da nona rodada, contra o Sada/Cruzeiro, que estava marcado para essa data, foi adiado para o dia 13 de março, porque na próxima semana o time mineiro estará disputando o Campeonato Sul-Americano de clubes, em Belo Horizonte (MG)

Já o Sesi-SP joga pela nona rodada mesmo, nesta mesma quinta-feira, às 21h30, quando receberá o Sesc RJ para outro grande clássico, com transmissão pelo SporTV 2.

Outros resultados do dia

Na primeira partida deste sábado, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) jogou na casa do adversário e venceu o São Judas Voleibol (SP) por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 24/26, 25/23, 25/21 e 25/16. Os xarás Alisson brilharam. O Bastos, do São Judas, foi o maior pontuador, com 17 pontos, todos de ataque, e o Melo, do Ribeirão, foi eleito pela comissão técnica do seu time o melhor da partida.

Com a derrota, o São Judas, lanterna da competição, tornou-se o primeiro time matematicamente rebaixado na temporada 2018/2019.

Em Campinas (SP), o Vôlei Renata (SP) contou com o apoio da sua torcida e levou a melhor sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) por 3 a 0 (25/19, 25/19 e 25/20), com boa pontuação do oposto Dani. O jovem atacante marcou 18 vezes, sendo 14 de ataque e quatro de saque. Já o líbero Lukinha faturou o Troféu VivaVôlei após ser considerado o melhor em quadra. O time campineiro subiu da sétima para a quinta colocação, com 30 pontos.

O Vôlei Renata assumiu a quinta colocação (Luciano Claudino/Vôlei Renata)

O Corinthians-Guarulhos (SP) assegurou sua primeira vitória no returno, sobre o Caramuru Vôlei (PR), por 3 sets a 1. Diante de sua torcida, o time paulista venceu com destaque do ponteiro Luan, eleito, por votação popular, o melhor da partida. E, mesmo com 25 pontos – todos de ataque – o oposto Léozão não conseguiu evitar a derrota da sua equipe. Com o resultado, o Corinthians se firmou em décimo lugar e se afastou da zona de rebaixamento, deixando o Caramuru na 11ª posição.

Mesmo jogando fora de casa, o Vôlei UM Itapetininga (SP) levou a melhor sobre o Sesc RJ. A equipe do interior de São Paulo fez 3 a 1 (23/25, 27/25, 25/19 e 25/20) e o líbero Filipe foi premiado com o Troféu VivaVôlei. O oposto do time carioca, Wallace, foi quem mais pontuou ao marcar 20 vezes, pontuando em todos os fundamentos: 15 de ataque, quatro de saque e um de bloqueio. O Sesc segue em quarto lugar, com 36 pontos. O Itapetininga é o oitavo, com 29

O Itapetininga venceu o Sesc RJ na Jeunesse Arena (Jorge Hely)

Confira os resultados da oitava rodada do returno

22.02 (SEXTA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 1 Fiat/Minas (MG), às 19h, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG) (25/14, 22/25, 25/18 e 25/14)

23.02 (SÁBADO) – São Judas Voleibol (SP) 1 x 3 São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP), às 11h, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo (SP) (26/24, 23/25, 21/25 e 16/25)

23.02 (SÁBADO) – Vôlei Renata (SP) 3 x 0 Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 18h, no Taquaral, em Campinas (SP) (25/19, 25/19 e 25/20)

23.02 (SÁBADO) – Corinthians-Guarulhos (SP) 3 x 1 Caramuru Vôlei (PR), às 18h, no ginásio Ponte Grande, em Guarulhos (SP) (25/21, 26/24, 18/25 e 25/23)

23.02 (SÁBADO) – Sesc RJ 1 x 3 Vôlei UM Itapetininga (SP), às 19h, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ) (25/23, 25/27, 19/25 e 20/25)

23.02 (SÁBADO) – EMS Taubaté Funvic (SP) 1 x 3 Sesi-SP, às 20h30, no ginásio Abaeté, em Taubaté (SP) (24/26, 19/25, 25/23 e 17/25)

Confira a classificação e os jogos da 9ª rodada do returno

LEIA TAMBÉM

+ Confira a seleção do Sul-Americano

Veja os números da final do Sul-Americano Feminino de Clubes

MVP, Carol Gattaz elogia o time e o Minas: “É uma honra vestir essa camisa”

Um papo com o campeão olímpico Bruno Schmidt

Mundiais de Clubes com formatos diferentes em 2019

O fim precoce das transmissões da TV Gazeta

Um papo com a central Adenízia

Veja também

Brasil vai disputar 7º lugar na Copa Pan-Americana

A Seleção Brasileira sub-21 segue sem vitória na Copa Pan-Americana masculina. Neste sábad…