Home Destaques Vaivém: Lucarelli é o nome brasileiro mais comentado no mercado europeu
Destaques - Vaivém - 15 de fevereiro de 2019

Vaivém: Lucarelli é o nome brasileiro mais comentado no mercado europeu

Os principais campeonatos de vôlei do mundo começam a se aproximar da reta final na temporada 2018/2019. A chegada das decisões intensifica também os movimentos no mercado de transferências para 2019/2020. Neste quesito, um brasileiro em especial aparece como cotado para atuar na Europa: Lucarelli.

Recuperado de uma cirurgia no tendão de Aquiles, que o afastou das principais competições de 2018, o ponta do EMS/Taubaté, que na quinta-feira completou 27 anos, voltou a ser cobiçado por times italianos.

Segundo o respeitado Luca Muzzioli, do Volleyball.it, Lucarelli está na lista de reforços da equipe de Milão para a próxima temporada. Atualmente, o time do Norte da Itália está em um segundo patamar no nível do país, atrás do quarteto Perugia, Civitanova, Trentino e Modena.

Para 2019/2020, porém, Milão quer entrar de vez no G4 e contar com o brasileiro é primordial dentro desta estratégia.

Informações acima à parte, minha opinião. Lucarelli vive uma etapa mais madura da carreira. Venceu uma delicada cirurgia e ainda briga para voltar ao melhor nível físico e técnico na Superliga. No ápice das condições, está entre os 10 melhores da posição no planeta, sendo peça-chave para Renan Dal Zotto na Seleção Brasileira. E como qualquer jogador neste patamar será cortejado por clubes europeus.

Sorriso de Lucarelli voltou em 2019 (Rafinha Oliveira/Divulgação)

Sondado desde a juventude para atuar em grandes centros, Lucarelli segue até hoje a linha do oposto Wallace. O salário top no Brasil e a proximidade da família e dos amigos o fazem dizer não para as propostas que chegam. Resta saber até quando.

Por Daniel Bortoletto

LEIA TAMBÉM

+ Castellani deixa comando do EMS/Taubaté. Navajas assume

Estilo e métodos de Lavarini conquistam Minas

Divulgada a tabela do Sul-Americano masculino de clubes

Federação Mineira divulga tabela do Sul-Americano feminino de clubes

Entrevista exclusiva com a russa Kosheleva

Veja também

Saiba onde ver os jogos da Superliga na semana

Sem a confirmação da transmissão dos quatro jogos das quartas de final da Copa Brasil femi…