Home Praia Vôlei de Praia: Brasil começa com 7 vitórias em 8 jogos no Chile
Praia - 2 de fevereiro de 2019

Vôlei de Praia: Brasil começa com 7 vitórias em 8 jogos no Chile

Única derrota aconteceu em duelo entre times brasileiros no naipe masculino

O Brasil largou com bons resultados na segunda etapa do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia 2019, disputada na cidade de Coquimbo, no Chile. Foram oito partidas pela fase de grupos nesta sexta-feira (01.02), com sete vitórias. A única derrota aconteceu em um duelo entre os dois times brasileiros no naipe masculino. Neste sábado (02.02) ocorrem os últimos jogos dos grupos e as disputas das quartas de final.

No naipe feminino, as duas equipes brasileiras – Tainá/Victoria (SE/MS) e Carolina Horta/Ângela (CE/DF) – venceram as duas rodadas e lideram seus grupos. Tainá e Victoria começaram o dia superando as chilenas Mardones e Natalia por 2 sets a 0 (21/7, 21/13). Horas mais tarde, vitória sobre as peruanas Calle e Mendoza, também por 2 a 0 (21/13, 21/13). Victoria analisou o começo da parceria no torneio.

– É ótimo começar com duas vitórias, tivemos jogos relativamente mais tranquilos, conseguimos impor nosso jogo sem corrermos tantos riscos nas duas rodadas. Conversamos com Carolina Horta/Ângela para que os dois times tivessem uma boa largada, saindo em primeiro lugar na chave, para que a gente garanta o Brasil na final. Vamos buscar manter esse bom ritmo e lutar por uma medalha para nosso país – declarou a campeã mundial Sub-19.

Tainá e Victoria encerram participação no grupo B contra as peruanas Serna e Allcca neste sábado. Carolina Horta e Ângela também começaram com bons resultados. Na estreia, superaram as colombianas Diana e Yuli, vice-campeãs da etapa passada: 2 sets a 0 (21/15, 23/21). Na segunda rodada, vitória sobre as paraguaias Michelle e Erika também em sets diretos, com parciais de 21/17, 21/16. As brasileiras fecham o grupo C contra as paraguaias Fillippo e Poletti em duelo deste sábado.

Já no naipe masculino, a rodada de estreia colocou as duas equipes brasileiras frente a frente pelo grupo C. Jô e Léo Vieira (PB/DF) começaram vencendo Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) por 2 sets a 0 (25/23, 22/20). Mais tarde, o paraibano e o brasiliense venceram mais uma, desta vez contra os colombianos Murray e Manjarres por 2 a 0 (21/16, 21/14), assumindo a liderança.

Hevaldo e Arthur se recuperaram da derrota na estreia e venceram os equatorianos Joel e Leon por 2 sets a 0 (21/16, 21/12). Neste sábado, eles fecham participação enfrentando Murray/Manjarres e avançam às quartas de final com uma vitória, enquanto Jô/Léo Vieira encara o time equatoriano.

Os pontos obtidos em cada etapa vão para o país, de acordo com a classificação final da melhor dupla de cada nação nos eventos. Ao final, os pontos são somados e o país na liderança do ranking é declarado campeão geral.

Na primeira etapa da temporada, em São Francisco do Sul (SC), o Brasil conquistou a medalha de ouro no naipe feminino, com Josi/Neide (SC/AL), liderando o ranking geral com 200 pontos. No torneio masculino, Thiago e George (SC/PB) levaram a medalha de bronze, somando 160 pontos. O Chile lidera com 200, e a Argentina soma 180.

O Circuito Sul-Americano contará em 2019 com cinco etapas regulares e dois torneios ‘Finals’, com maior pontuação e premiação, sendo um para o naipe masculino, e outro para o naipe feminino. Além de São Francisco do Sul, estão confirmadas etapas em Coquimbo (Chile), Lima (Peru), Brasília (DF) e Camaçari (Bahia). Os torneios ‘Finals’ serão em Resistência (Argentina), para o naipe feminino, e Brasil, em cidade à definir, no masculino.

Veja também

Flávio admite viver momento especial da carreira

Aos 29 anos, Flávio vive um dos melhores momentos da carreira. O meio de rede defenderá o …