Home Praia Brasil começa com três vitórias em quatro jogos no Sul-Americano de praia
Praia - 14 de março de 2019

Brasil começa com três vitórias em quatro jogos no Sul-Americano de praia

Ana Patrícia/Rebecca venceu os dois jogos, enquanto Adrielson/Renato teve um revés e um triunfo

As duplas brasileiras do vôlei de praia começaram com vitórias a participação nos Jogos Sul-Americanos de Praia nesta quinta-feira (14.03), em Rosário, na Argentina. Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) venceu os dois jogos, enquanto Adrielson/Renato (PR/PB) teve um revés e um triunfo na fase de grupos. Ambos voltam à quadra nesta sexta-feira.

Ana Patrícia e Rebecca começaram a caminhada no grupo B com vitória sobre o time 2 do Paraguai, por 2 sets a 0 (21/14, 21/12). Horas depois, novo triunfo, desta sobre a dupla 1 da Bolívia: 2 a 0 (21/11, 21/7). Rebecca analisou o início com vitórias tranquilas na Argentina.

– O clima está muito bom, estou muito feliz por representa o Brasil novamente nos Jogos Sul-Americanos de Praia. E com a Ana Patrícia também é muito especial, nosso time é muito unido, nos apoiamos. Começar com duas vitórias é muito importante, por classificação e para ganhar confiança neste primeiro dia. Estamos focadas na competição, pensando um dia de cada vez, superando os desafios – analisou.

A dupla enfrenta nesta sexta-feira (15.03) a dupla 1 do Peru  ainda pela fase de grupos, e ainda na sexta terá duelo das quartas de final.

Adrielson e Renato começaram o dia lutando bastante, mas não evitando a derrota de virada para o time 2 do Uruguai: 2 sets a 1 (18/21, 21/14, 15/13). Horas depois veio a recuperação no grupo B com triunfo tranquilo sobre a dupla 1 da Bolívia: 2 sets a 0 (21/10, 21/7). Eles fecham a fase de grupos nesta sexta-feira contra o time 1 do Paraguai.

Adrielson ataca contra bloqueio uruguaio em Rosário
(Divulgação/Rosário2019)

Os dois melhores times de cada chave avançam às quartas de final. Os vencedores disputam as semifinais, e em seguida ocorrem os duelos pelas medalhas de bronze e ouro. A definição das chaves ocorre no sorteio do Congresso Técnico, na tarde desta quarta-feira.

Se para Renato, Adrielson e Ana Patrícia, esta será a primeira experiência nos Jogos Sul-Americanos de Praia, Rebecca já possui experiência – e conquistas no torneio. Em 2011, jogando ao lado de Neide (AL), foi campeã na edição disputada no Equador.

Na oportunidade, o Brasil também foi campeão no naipe masculino, com Moisés e Vitor Felipe (BA/PB). Em 2009, o país também levou o ouro com Lili/Elize Maia (ES), e prata com Álvaro/Vitor Felipe (PB). Em 2014, na Venezuela, o Brasil não levou times no vôlei de praia.

LEIA TAMBÉM

+ Clubes femininos optam por manutenção do ranking para 2020. Só o Praia foi contra

+ Dínamo Moscou acaba com invencibilidade de 28 jogos do poderoso Vakifbank na Champions

Sander, destaque do Sada/Cruzeiro, recebe propostas do exterior

+Egonu desequilibra na Champions, Novara vence e anuncia técnico

Todos os dias deveriam ser das mulheres

Macris fala de mudanças, após iniciar dieta vegana

Líbero Serginho fala sobre mais um título do Sada/Cruzeiro e planos para o futuro

Veja também

Monza tenta se firmar entre os grandes

Vice-campeão da última liga italiana, o Monza promete brigar em todas as frentes na tempor…