Home Superliga Roberta e Kosheleva confiantes em crescimento do Sesc nos playoffs
Superliga - 18 de março de 2019

Roberta e Kosheleva confiantes em crescimento do Sesc nos playoffs

Time carioca estreia nas quartas de final nesta terça-feira, em Bauru

Após uma grande vitória sobre o Dentil/Praia Clube na última rodada da fase de classificação da Superliga Cimed feminina, o Sesc reinicia com os pés no chão sua busca pelo 13º título, nesta terça-feira, diante do Sesi Bauru, na casa do adversário. A primeira partida da série melhor de três será disputada às 21h30 no ginásio Panela de Pressão e terá transmissão do SporTV2.

Presente em todas os playoffs da Superliga desde a temporada 10/11 e dona de seis títulos, quando chegou ao Rio de Janeiro, a levantadora Roberta sabe bem que nem o passado vitorioso nem a primeira fase irregular terão algum peso a partir desta fase.

– Sigo com meu pensamento de que tudo começa do zero agora. Nada do que passou, para o bem ou para o mal, adiantará agora. É como uma competição nova, onde a gente esperou a temporada inteira para estar. Apesar disso, trago em minha mente nossa última vitória, diante do Praia. Muito pela questão da atitude, da forma como nos comportamos, como cada uma de nós mostrou postura em quadra, mostrou concentração. Minimizamos os erros e é isso que precisamos trazer para essa fase – analisou a capitã do Sesc.

O Sesc RJ também contará com uma estreante em playoffs. Em sua primeira temporada no Brasil, a ponteira russa Tatiana Kosheleva fez uma análise de tudo o que já passou e espera poder contribuir mais para que sua equipe chegue nas semifinais.

– Acho que fizemos alguns bons jogos ao longo da fase de grupos e outros onde os erros cometidos foram determinantes para que não vencêssemos. Conseguimos chegar melhores neste aspecto nos playoffs, vindo de um confronto onde erramos menos que nosso oponente. E o fato de estarmos vindo de uma vitória sempre traz força, moral e confiança. Espero muito poder evoluir e melhorar nesta fase para poder ajudar mais minha equipe. Todos sabem que a lesão me fez perder minha melhor condição de jogo e por mais que eu trabalhe duro para apressar o processo, não é possível. Então eu continuo treinando muito para que esse processo seja o mais rápido possível. O mais importante é que sigo muito confiante em mim e no time. E essa fé nos trará bons resultados, sem dúvida – finalizou Kosheleva.

Sesc mostrou evolução na reta final da primeira fase (Divulgação)

Na sexta, também às 21h30, os times voltam a jogar, desta vez no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro. Os ingressos para o confronto no RJ podem ser trocados a partir desta terça por 2kg de alimento não perecíveis nas unidades do Sesc RJ (exceto Arena 3 e Parque Radical).

LEIA TAMBÉM

Reunião pode confirmar mudanças na próxima Libertadores

Campeão olímpico Alison tem dupla desfeita

Confira a tabela das quartas de final da Superliga Masculina

Veja a tabela das quartas de final da Superliga Feminina

Fawcett na mira de clube italiano

Clubes femininos optam por manutenção do ranking para 2020

Veja também

Brasil leva virada na Copa Pan-Americana

A quarta-feira (10/8) não foi marcada pela reabilitação do Brasil na Copa Pan-Americana, e…