Home Superliga Claudinha lembra das críticas no início da temporada: “Muita gente não acreditava”
Superliga - 9 de abril de 2019

Claudinha lembra das críticas no início da temporada: “Muita gente não acreditava”

A levantadora Claudinha deixou a quadra satisfeita com a entrega de suas companheiras ao longo da temporada, na noite desta segunda-feira, no Ginásio José Liberatti, depois da derrota do Osasco/Audax para o Itambé/Minas por 3 sets a 1, que classificou o time mineiro para a final da Superliga Cimed Feminina 2018/2019. A decisão será contra o Dentil/Praia Clube, que eliminou o Sesi/Bauru na outra semifinal. O primeiro confronto da final será dia 21 de abril – Domingo de Páscoa – às 11h, no Mineirinho, em Belo Horizonte (MG).

“Jogamos melhor que no primeiro jogo da semifinal e lutamos até o final, mas o resultado não veio nos detalhes”, lamentou a levantadora, que fez dois pontos de ataque durante a partida

“Nada apaga tudo o que fizemos de bom. Claro que queríamos a vitória, chegar a mais uma final, mas o time está de parabéns por tudo que fez na temporada. Isso sem falar na torcida, que é maravilhosa. Ficamos arrepiadas quando entramos em quadra. Nos apoiaram do primeiro ao último ponto. Só tenho que agradecer”, afirmou a jogadora.

Claudinha e a bola de segunda (João Pires/FotoJump)

A levantadora completou. “Levo muita coisa positiva dessa temporada. Muita gente não acreditava. Tivemos problemas no primeiro turno, inclusive de contusões, e terminamos em oitavo. Fomos muito julgadas, mas crescemos ao longo da temporada. Esse grupo é sensacional. Sabe trabalhar, ouvir, falar. Aprendi demais. Eu nunca havia trabalhado com o Luizomar, um grande treinador, um cara bacana, que te deixa livre para fazer o seu melhor, que joga junto o tempo todo. Saímos mais fortalecidas e esse terceiro lugar é bem merecido.”

LEIA TAMBÉM

+ Primeiro jogo da final feminina será no Mineirinho

+ Itambé/Minas derrota o Osasco/Audax e vai à decisão da Superliga

+ Dentil/Praia Clube atropela o Sesi/Bauru de novo e vai à final da Superliga

+ Adenízia pede afastamento da Seleção e deixa Tóquio-2020 em aberto

Um papo com Macris sobre Seleção, veganismo, ranking e futuro

+ Patrocínio do Sesc é renovado e time feminino começa a reconstrução

Seleção Masculina jogará em Cuiabá e Brasília na Liga das Nações

Bruninho exclusivo: “Cabeça do Leal encaixando com filosofia da Seleção”

Sesc RJ libera Kosheleva para negociar com o Scandicci

Carlos Schwanke fala sobre os sete anos no Oriente Médio

João Rafael fecha com time do Qatar

Itambé/Minas já trabalha 2020 contando com fico de Lavarini

Leal é destaque em vitória do Civitanova nos playoffs

Tabela das semifinais da Superliga masculina

Veja também

Brasil leva virada na Copa Pan-Americana

A quarta-feira (10/8) não foi marcada pela reabilitação do Brasil na Copa Pan-Americana, e…