Serginho
Home Superliga Depois de nove temporadas, Sada/Cruzeiro se despede do líbero Serginho
Superliga - 24 de abril de 2019

Depois de nove temporadas, Sada/Cruzeiro se despede do líbero Serginho

Após nove anos defendendo a camisa do Sada/Cruzeiro, o líbero Serginho se despede, nesta quarta-feira, do clube. O anúncio oficial do desligamento foi feito pela assessoria da equipe celeste. Para o lugar o jogador, o time do técnico Marcelo Mendez está sendo contratado o líbero Lukinha, que defendeu o Vôlei Renata na temporada 2018/2019.

Aos 40 anos,  Serginho acumulou dezenas de títulos e também muitos prêmios individuais pelo time azul. Foram exatamente 34 troféus levantados, entre eles o histórico tricampeonato no Mundial de Clubes, o hexa da Superliga e Sul-Americano, além do tetra da Copa Brasil.

“É um jogador que honrou o nosso projeto, que vestiu como poucos essa camisa e que representou muito bem o Sada Cruzeiro ao longo de tantos anos e tantos campeonatos. É um atleta com espírito vencedor e guerreiro, que não gosta de perder. Me sinto muito triste por esta despedida. Meu caro Serginho, nossa eterna gratidão!”, afirmou o presidente do Sada/Cruzeiro, Vittorio Medioli.

Serginho tem um currículo invejável. É o maior vencedor da história da Superliga Masculina, com 9 conquistas em 15 finais. No Sada/Cruzeiro, foi hexacampeão da competição (2011/12 e de 2013/14 a 2017/18) e tem outros três títulos pelo Minas (2000/01, 2001/02 e 2002/03). Pelo clube do Barro Preto, também foi vice-campeão duas vezes (2012/13 e 2010/11). Serginho ainda acumula prêmios individuais no Brasileiro: melhor defesa da Superliga em 2016/17, 2015/16, 2014/15, 2012/13 e 2011/12, quando também foi eleito o melhor líbero. Também foi Tricampeão da Supercopa (2015, 2016 e 2017), Tetracampeão da Copa Brasil (2018, 2016 e 2014), Tricampeão do Torneio de Irvine-EUA (2010, 2011 e 2014) e Eneacampeão Mineiro (2010 a 2018). Pelo Minas, foi ainda vice-campeão nacional em 2004/05, 2005/06, 2007/08 e 2008/09, com vários títulos de campeão Mineiro e Paulista, além do troféu do Torneio Flanders Volley Gala, na Bélgica (melhor recepção).

Serginho ganhou todos os títulos possíveis com a camisa do Sada/Cruzeiro (Agenciai7/Divulgação)

LEIA TAMBÉM

+ Após críticas por ter pedido dispensa da Seleção, Gabi Cândido revela ter síndrome do pânico

+ Lukinha, ex-líbero do Vôlei Renata, vai para o lugar de Serginho no Sada/Cruzeiro

Sada/Cruzeiro anuncia primeiro reforço da temporada 2019/2020

Gabi Cândido é a sexta jogadora a pedir dispensa da Seleção

Rizola relembra título e batalha contra o BCN na final da Superliga 2001/2002

Sada/Cruzeiro renova contrato com Marcelo Mendez até 2021

+ Dentil/Praia Clube anuncia renovação com Fernanda Garay

Desfigurado, Hinode/Barueri busca reconstrução

+ Dani Lins também pede dispensa da Seleção Brasileira 

Gabi admite instabilidade do Minas nos dois sets pertidos no Mineirinho

Atuações dos times mineiros na primeira decisão da Superliga 18/19

Após Adenízia, Brait e Thaisa, Tássia pede dispensa da Seleção

Números da primeira partida da final da Superliga

Zé Roberto solta a primeira lista da Seleção 2019. Brait convocada

Thaisa anuncia aposentadoria da Seleção 

Um papo franco com a oposta Sheilla, que volta às quadras na próxima temporada

Adenízia pede afastamento da Seleção e deixa Tóquio-2020 em aberto

Veja também

Flávio admite viver momento especial da carreira

Aos 29 anos, Flávio vive um dos melhores momentos da carreira. O meio de rede defenderá o …