Home Superliga Em entrevista ao Web Vôlei, Acosta confirma acerto com o Itambé/Minas
Superliga - Vaivém - 16 de abril de 2019

Em entrevista ao Web Vôlei, Acosta confirma acerto com o Itambé/Minas

A ponteira venezuelana Roslandy Acosta confirmou, na tarde desta terça-feira, em entrevista ao Web Vôlei, acerto com o Itambé/Minas para a temporada 2019/2020. A jogadora de 27 anos, 1,90m, defendeu a seleção venezuelana nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 e está desde 2017 no Bergamo (ITA).

“Estou muito feliz e grata pela oportunidade de defender o Itambé/Minas. Mal posso esperar para chegar. Já sei que é um lugar incrível, com um campeonato incrível, e que toda a cidade ama voleibol”, disse a ponteira. O Bergamo terminou a temporada na nona colocação – não se classificou para os playoffs -, com 10 vitórias e 14 derrotas, a cinco pontos da zona de classificação.

Acosta chega por indicação do técnico italiano Stefano Lavarini – que está de saída do clube mineiro – para suprir a perda das ponteiras Gabi e Natália. As duas vão se transferir na próxima temporada para o voleibol turco – Vakifbank e Eczacibasi, respectivamente.

A jogadora é formada pela Universidade do Arkansas, nos Estados Unidos, onde atuou em 2011. Ela atuou ainda por clubes de Porto Rico, Finlândia (Kangasala), Suíça (Koniz), Alemanha (Vilsbiburg e SC Potsdam) e Venezuela, antes de chegar ao Bergamo.

Lavarini de saída

Depois de duas temporadas, o técnico Stefano Lavarini está de saída do Minas. Segundo o site Volleyball.it, o treinador vai assumir o Busto Arsizio (ITA) – depois de tentar levar a Seleção da Coreia do Sul à Olimpíada do Japão-2020, com as competições dos próximos meses – na temporada 2019/2020 e deve levar com ele uma central brasileira: Mayany, do Minas, ou Milka, que defendeu o Hinode/Barueri na última Superliga. O Sesc RJ, de Bernardinho, também quer Mayany.

Para o seu lugar no clube mineiro, segundo o site, Lavarini teria indicado o colega e também italiano Nicola Negro, que disputa a Série A2 do Campeonato Italiano com o Trentino, clube que dirige desde 2017. Aos 39 anos, Negro tem passagem pelo vôlei polonês e já comandou o tradicional Conegliano.

Lavarini teria indicado Nicola Negro para o seu lugar no Minas (Divulgação)

Reforços

Até agora, o clube mineiro renovou com a levantadora Macris, a líbero Léia e as centrais Mara e Carol Gattaz. A bicampeã olímpica seria a outra jogadora de 7 pontos contratada pelo clube – Macris também é ranqueada como 7 pontos -, mas o clube ainda não confirma oficialmente a negociação.

O Minas se prepara para disputar a final da Superliga Cimed 2018/2019 com o Dentil/Praia Clube. Os playoffs melhor de três jogos começam no próximo domingo, às 11h, no Ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG). O segundo será na sexta-feira, dia 26, às 21h30, no Sabiazinho, em Uberlândia (MG) e o terceiro, se necessário, novamente no Mineirinho, dia 3 de maio, às 21h30. Todos os confrontos terão transmissão pelo SporTV 2.

Por Patrícia Trindade

LEIA TAMBÉM

EMS/TAubaté supera o Sada/Cruzeiro em Contagem e vai pegar o Sesi na decisão

Sesi SP derrota o Sesc RJ no tie-break e é o primeiro finalista da Superliga Masculina

Renan solta a primeira lista dos convocados para a Seleção Masculina

Novara elimina o Vakifbank, no golden set, com 39 pontos de Egonu

De virada, Sesi-SP derrota o Sesc RJ e já pode garantir vaga na final no próximo sábado

Civitanova bate poloneses e vai encarar o Zenite Kazan na final da Champions

+ Fivb atende atletas e cria ações para minimizar efeitos do calendário

Adenízia pede afastamento da Seleção e deixa Tóquio-2020 em aberto

Um papo com Macris sobre Seleção, veganismo, ranking e futuro

+ Patrocínio do Sesc é renovado e time feminino começa a reconstrução

Seleção Masculina jogará em Cuiabá e Brasília na Liga das Nações

Bruninho exclusivo: “Cabeça do Leal encaixando com filosofia da Seleção”

Veja também

Flávio admite viver momento especial da carreira

Aos 29 anos, Flávio vive um dos melhores momentos da carreira. O meio de rede defenderá o …