Home Superliga Fabiana faz balanço da temporada e dá a entender que não fica mais no Praia
Superliga - Vaivém - 30 de abril de 2019

Fabiana faz balanço da temporada e dá a entender que não fica mais no Praia

A bicampeã olímpica Fabiana, central do Dentil/Praia Clube nos últimos três anos, usou o seu perfil no Instagram para fazer um balanço da temporada, em tom de despedida, deu a entender que não fica mais no clube. “Grandes novidades virão”, escreveu a jogadora, com sondagens do Brasil e do exterior.

O time de Uberlândia chegou a cinco finais das seis competições disputadas na temporada: conquistou a Supercopa em cima do Osasco/Audax, em novembro do ano passado, ficou fora do pódio do Mundial de Clubes da China, em dezembro, e perdeu as outras quatro decisões para o rival Itambé/Minas – Campeonato Mineiro, Copa Brasil, Sul-Americano e Superliga.

Para o lugar de Fabiana, a equipe do Triângulo sonda o retorno da central Walewska, capitã do time na campanha da conquista da Superliga 2017/2018 sobre o Sesc RJ. A jogadora estava no Osasco.

Fabiana classificou a temporada como frustrante e de “muito desgaste emocional”. Valorizou o espírito guerreiro da equipe e enalteceu a boa campanha do Minas.

View this post on Instagram

Termina mais uma Superliga, que talvez tenha sido a mais especial para mim, e por essa razão, seja a mais difícil de escrever sobre… Foi um ano difícil, cheio de expectativas, confiança, objetivos e decisões, vivemos um mix de sentimentos, frustrações e muito desgaste emocional. Na vida, nem sempre sai o que se planeja. Não nos faltou luta, a física deixada em treinos e jogos, mas especialmente a luta interna, de cada uma, buscando seu melhor, querendo que este grupo fosse vencedor de seus objetivos. Quantas vezes nos superamos, trocamos um olhar de apoio, um aperto de mão ou um sorriso acolhedor. Sempre mostrando uma pra outra que podíamos ir além! Volto a repetir, ninguém conhece seu dia a dia, ninguém sabe o que foi deixado em desgaste por trás de cada vitória ou derrota. E mais uma temporada, com a graça de Deus, chegamos na final. Nos preparamos e o grupo se manteve forte, unidas e guerreiras. A palavra AJUDAR nunca foi tão falada neste grupo. Esse era nosso lema, repetido fortemente todos os dias. Tenho um orgulho imenso deste time, orgulho de olhar no olho de cada uma, orgulho de ter vivido e superado cada momento. Só tenho a agradecer, primeiramente Deus, por cada passo da caminhada e nos coroar com o pódio. Agradecer de todo coração a essa torcida incrível e inesquecível, que foi combustível e suporte para fazer acreditar e lutar cada vez mais. Vocês não sabem a força que tem quando estamos em quadra! Agradeço a todos os dirigentes e patrocinadores, que tenho como uma verdadeira família. Agradecer a nossa equipe, comissão, jogadoras, fisioterapeutas, departamento médico, pessoal da limpeza, porteiros… Ao meu esposo, aos meus pais, minha família e os verdadeiros amigos que estiveram ao meu lado num ano tão promissor. Parabéns a toda equipe do MINAS TÊNIS CLUBE pelo trabalho e excelência durante a temporada. Assim encerro mais uma Superliga. Beijo no coração de todos! Ótimas férias e grandes novidades virão ??❤.

A post shared by Fabiana M Claudino ?? (@fabiclaudino) on

“Termina mais uma Superliga, que talvez tenha sido a mais especial para mim, e por essa razão, seja a mais difícil de escrever sobre… Foi um ano difícil, cheio de expectativas, confiança, objetivos e decisões, vivemos um mix de sentimentos, frustrações e muito desgaste emocional. Na vida, nem sempre sai o que se planeja. Não nos faltou luta, a física deixada em treinos e jogos, mas especialmente a luta interna, de cada uma, buscando seu melhor, querendo que este grupo fosse vencedor de seus objetivos. Quantas vezes nos superamos, trocamos um olhar de apoio, um aperto de mão ou um sorriso acolhedor. Sempre mostrando uma pra outra que podíamos ir além! Volto a repetir, ninguém conhece seu dia a dia, ninguém sabe o que foi deixado em desgaste por trás de cada vitória ou derrota. E mais uma temporada, com a graça de Deus, chegamos na final. Nos preparamos e o grupo se manteve forte, unidas e guerreiras. A palavra ajudar nunca foi tão falada neste grupo. Esse era nosso lema, repetido fortemente todos os dias. Tenho um orgulho imenso deste time, orgulho de olhar no olho de cada uma, orgulho de ter vivido e superado cada momento. Só tenho a agradecer, primeiramente Deus, por cada passo da caminhada e nos coroar com o pódio. Agradecer de todo coração a essa torcida incrível e inesquecível, que foi combustível e suporte para fazer acreditar e lutar cada vez mais. Vocês não sabem a força que tem quando estamos em quadra!”, escreveu a bicampeã olímpica.

Ela agradeceu o apoio da torcida, que esteve junto do time nos momentos difíceis.

Fabiana disputa bola na rede com a levantadora Macris (Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV)

“Agradeço a todos os dirigentes e patrocinadores, que tenho como uma verdadeira família. Agradecer a nossa equipe, comissão, jogadoras, fisioterapeutas, departamento médico, pessoal da limpeza, porteiros… Ao meu esposo, aos meus pais, minha família e os verdadeiros amigos que estiveram ao meu lado num ano tão promissor. Parabéns a toda equipe do MINAS TÊNIS CLUBE pelo trabalho e excelência durante a temporada. Assim encerro mais uma Superliga. Beijo no coração de todos! Ótimas férias e grandes novidades virão”, completou a jogadora.

LEIA TAMBÉM

+ Começa a venda de ingressos para os jogos da Seleção Feminina na Liga das Nações

Seleção sub-19 masculina do Brasil é convocada

Fim do jejum: Itambé/Minas conquista a Superliga novamente, 17 anos depois

Lavarini deixa o Minas após temporada perfeita: 5 torneios, 5 finais e 4 títulos

+ Opinião: O feito gigantesco do Itambé/Minas na temporada

Confira a relação de todos os campeões da Superliga Feminina da história

Campeão Minas domina a Seleção da Superliga

Veja também

Brasil leva virada na Copa Pan-Americana

A quarta-feira (10/8) não foi marcada pela reabilitação do Brasil na Copa Pan-Americana, e…