Home Superliga Vaivém: Mercado não espera finais e rivais hoje são reforços de amanhã
Superliga - Vaivém - 11 de abril de 2019

Vaivém: Mercado não espera finais e rivais hoje são reforços de amanhã

Quatro semifinalistas já avançaram bastante na montagem do elencos para 2020

Na temporada passada, o argentino Uriarte foi destaque nas finais da Superliga pelo Sada/Cruzeiro. Venceu uma certa desconfiança do torcedor, temeroso pela perda do Mago William, tendo papel até de protagonista em um elenco com Leal, Simon & Cia. A transferência para o EMS/Taubaté surpreendeu, visto que ele passaria a disputar a posição com outro ótimo jogador (Rapha), enquanto permanecer em Belo Horizonte significaria, provavelmente, a manutenção da titularidade.

Um ano não está completo e Uriarte tem passagem de volta marcada para o Sada/Cruzeiro na temporada 2019/2020, como adiantou Alexandre Oliveira, no Globo.com. Justamente o time rival do EMS/Taubaté no playoff semifinal da Superliga, neste momento favorável aos paulistas por 2 a 0.

Na cabeça do torcedor é difícil compreender esse cenário de negociações envolvendo adversários diretos justamente no período mais importante da competição nacional. Mas é assim que funciona mesmo e não é de hoje.

Os clubes com maiores orçamentos, neste caso, Sada/Cruzeiro, EMS/Taubaté, Sesi e Sesc, já possuem a garantia da continuidade do investimento, já tem uma ideia de quanto podem gastar, e assim se engalfinham nos bastidores por reforços. Quem entra atrasado nesta disputa tem muita chance de não concretizar bons negócios. E deixar de ser reforçar e ver um rival ficar mais forte é uma dupla derrota.

Dupla mudará de camisa na próxima temporada (Renato Antunes Maxx Sport)

Além de Uriarte, o Sada/Cruzeiro já tem acerto com o central Otávio, outro titular do EMS/Taubaté nesta reta final de Superliga. E ainda quer Lucarelli como cereja do bolo, já que a passagem do americano Sander pelo clube durou apenas uma temporada. Marcelo Mendez sabe que precisa de um nome de peso para a posição e no cenário nacional o principal deles é o campeão olímpico, recuperado da cirurgia no tendão de Aquiles.

Para repor as saídas, Taubaté já acertou com o jovem ponta Renan, que estava no Vôlei Renata. Também está contratado o líbero Rogerinho, ex-Minas, o que não impede ainda a permanência de Thalles, atual titular. Para o levantamento, uma opção era Thiaguinho, que não seguirá no Sesc após acertos com Marlon e o argentino Matias Sanchez. Mas já existe acerto com Carísio, ex-Fiat/Minas.

Por Daniel Bortoletto (atualizado às 14h)

LEIA TAMBÉM

Novara elimina o Vakifbank, no golden set, com 39 pontos de Egonu

De virada, Sesi-SP derrota o Sesc RJ e já pode garantir vaga na final no próximo sábado

Civitanova bate poloneses e vai encarar o Zenite Kazan na final da Champions

EMS/Taubaté vira para cima do Sada/Cruzeiro e faz 2 a 0 na série semifinal

+ Dentil/Praia Clube atropela o Sesi/Bauru de novo e vai à final da Superliga

Itambé/Minas sofre em Osasco, mas se garante na decisão

Veja também

Com dois novos convocados, Seleção Masculina treina para a estreia em Cuiabá

A Seleção Brasileira Masculina chegou a Cuiabá (MT) na noite de terça-feira (18.06) e fez,…