Home Superliga Vissoto relembra momentos difíceis do Taubaté: “Talento sem trabalho não prospera”
Superliga - 15 de abril de 2019

Vissoto relembra momentos difíceis do Taubaté: “Talento sem trabalho não prospera”

Oposto Leandro Vissoto ressaltou os altos e baixos da temporada do EMS/Taubaté e o espírito de luta dos seus companheiros na vitória sobre o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 2, de virada, na noite de sábado, em Contagem (MG), que colocou o time paulista na fina da Superliga Cimed Masculina 2018/2019.

Com o resultado, o Taubaté encerrou a série melhor de cinco das semifinais em 3 a 0 e vai enfrentar o Sesi SP – que eliminou o Sesc RJ na outra semi – na decisão da competição. O primeiro confronto será no dia 23 de abril, uma segunda-feira, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). Confira aqui as datas e os locais da série melhor de cinco das finais.

Vissoto postou o vídeo do último ponto da partida em seu perfil no Instagram e fez um resumo da temporada do Taubaté. O time passou por momentos difíceis. Com um investimento para chegar à final de todas as competições que disputar, a equipe decepcionou e sofreu muitas críticas ao ser eliminada nas semifinais da Copa Libertadores, em casa  – perdeu também a disputa do terceiro lugar para o Sesi SP, diante da sua torcida por 3 a 2, depois de estar vencendo por 2 a 0 – e também nas semifinais da Copa Brasil, em Lages (SC), para o Fiat/Minas, além da campanha de altos e baixos na fase classificatória da Superliga, resultados que culminaram com a demissão do técnico argentino Daniel Castellani, há cerca de dois meses.

Vissoto encara o bloqueio do Sada/Cruzeiro (Agenciai7/Divulgação)

Com a chegada do técnico da Seleção Brasileira Renan Dal Zotto, a intensificação dos treinamentos e melhor organização tática da equipe, o time melhorou as atuações e colocou em prática todo o seu potencial, digno de quem tem três campeões olímpicos (Lucão, Lucarelli e Douglas Souza), além de jogadores experientes e renomados como os levantadores Rapha e Uriate, o ponteiro argentino Conte, o líbero Thalles e do próprio Vissoto.

“Esse ponto não só classificou o time para a final . Mas resume o espírito que o time construiu depois de tantas dificuldades e questionamentos . Sempre falamos dos exemplos que o esporte pode dar para a sociedade, nosso time exemplificou, que o talento sem trabalho, não prospera, união sem responsabilidade e humildade não perdura, que a vitória é feita de pequenas atitudes, ações, que juntas, fazem a diferença. Todos envolvidos nessa semifinal estão de parabéns. Uma série tão disputada e equilibrada, onde ambos os times poderiam conquistar a vitória . A equipe do Sada/Cruzeiro junto com sua torcida, lutou bravamente . Nunca imaginei depois de 20 anos como profissional, viver um momento como esse . Agradecer aos meus companheiros, a torcida, a cidade Taubaté . O melhor, ainda está por vir!”, escreveu o jogador de 35 anos.

View this post on Instagram

Esse ponto não só classificou o time para a final . Mas resume o espírito que o time construiu depois de tantas dificuldades e questionamentos . Sempre falamos dos exemplos que o esporte pode dar para a sociedade, nosso time exemplificou, que o talento sem trabalho, não prospera, união sem responsabilidade e humildade não perdura, que a vitória é feita de pequenas atitudes, ações, que juntas, fazem a diferença. Todos envolvidos nessa semifinal estão de parabéns. Uma série tão disputada e equilibrada, onde ambos os times poderiam conquistar a vitória . A equipe do @sadacruzeiro junto com sua torcida, lutou bravamente . Nunca imaginei depois de 20 anos como profissional, viver um momento como esse . Agradecer aos meus companheiros, a torcida, a cidade Taubaté . O melhor, ainda está por vir! ????

A post shared by VISS?TT? (@leandrovissotto) on

LEIA TAMBÉM

+ EMS/TAubaté supera o Sada/Cruzeiro em Contagem e vai pegar o Sesi na decisão

+ Sesi SP derrota o Sesc RJ no tie-break e é o primeiro finalista da Superliga Masculina

Renan solta a primeira lista dos convocados para a Seleção Masculina

Novara elimina o Vakifbank, no golden set, com 39 pontos de Egonu

De virada, Sesi-SP derrota o Sesc RJ e já pode garantir vaga na final no próximo sábado

Civitanova bate poloneses e vai encarar o Zenite Kazan na final da Champions

EMS/Taubaté vira para cima do Sada/Cruzeiro e faz 2 a 0 na série semifinal

+ Dentil/Praia Clube atropela o Sesi/Bauru de novo e vai à final da Superliga

Itambé/Minas sofre em Osasco, mas se garante na decisão

+ Fivb atende atletas e cria ações para minimizar efeitos do calendário

Adenízia pede afastamento da Seleção e deixa Tóquio-2020 em aberto

Um papo com Macris sobre Seleção, veganismo, ranking e futuro

+ Patrocínio do Sesc é renovado e time feminino começa a reconstrução

Seleção Masculina jogará em Cuiabá e Brasília na Liga das Nações

Bruninho exclusivo: “Cabeça do Leal encaixando com filosofia da Seleção”

Veja também

Paulista com cinco jogos nesta sexta-feira

A sexta-feira promete ser bastante movimentada no Campeonato Paulista. A segunda rodada da…