Asics marca lançamento dos novos uniformes da Seleção

Em preparação para os Jogos Olímpicos em Tóquio, no Japão, a Asics lançará os novos uniformes das Seleções Brasileira masculina e feminina no próxima segunda-feira, a partir das 19h30.

O lançamento, que apresenta os novos modelos usados pelos atletas durante a temporada deste ano, terá transmissão ao vivo via perfil do Facebook (ASICSBrasil) diretamente do Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema, no Rio de Janeiro.

O lançamento dos uniformes contará com a presença de dois mestres de cerimônia bastante conhecidos pelo público: Fabi, bicampeã olímpica em 2008 (Pequim) e 2012 (Londres), e Nalbert, campeão olímpico em 2004 (Atenas). Durante o lançamento dos uniformes, eles vão interagir com o público respondendo às perguntas enviadas pelas redes sociais.

A nova linha de uniformes foi desenvolvida no Japão e apresenta três diferentes cores de camisas: amarela, azul e branca.  A empresa anuncia possibilidade de adquirir, em breve, as novas camisas por meio do e-commerce da Asics. O valor das camisas será de R$ 179,90.

– A Asics é a principal marca de vôlei no mundo e pôde acompanhar de perto a evolução do esporte ao longo dos anos. Temos histórico em patrocinar diversas seleções importantes como Rússia, Japão, Itália, Bulgária, Coreia do Sul, além de ser a marca esportiva da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Já nossa história com o vôlei brasileiro vem de longa data e, nesta nova fase, estamos felizes em poder proporcionar o que há de mais inovador para o alto desempenho dos nossos atletas – comenta a head de marketing da Asics, Constanza Novillo.

Seleção feminina terá novo uniforme em 2019 (FIVB)

– Ter a Asics como parceira é importante para o desenvolvimento cada vez maior da nossa modalidade, já que a marca traz garantia de qualidade para que nossos atletas possam representar o país no mais alto nível em todos os momentos. Contar com a parceria da marca nos dá muito orgulho e esperamos que esse trabalho em conjunto dure por muitos anos em prol do voleibol brasileiro – completa o diretor executivo da CBV, Radamés Lattari.

LEIA TAMBÉM

+ Problema cardíaco afasta Bruna Honório da Seleção

+ Modena anuncia fim da carreira do treinador Julio Velasco

+ Na mira do Sada/Cruzeiro, esloveno fecha com o Trentino

+ Marcelinho anuncia aposentadoria

+ Thaisa é confirmada como primeiro reforço do Itambé/Minas para a temporada 2019/20

+ Gabi aponta 2019 como ano de “construção” da Seleção Feminina

+ Intensa dança das cadeiras após o término do Campeonato Turco Feminino

Notícias recentes

Negro chega ao Minas já falando português

O técnico italiano Nicola Negro chegou à nova casa. O novo treinador do Itambé/Minas se apresentou nesta segunda-feira e mostrou…

8 horas atrás

Pan: duplas do Brasil analisam rivais no vôlei de praia

A estreia das duplas brasileiras de vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos de Lima está próxima. Oscar/Thiago (RJ/SC) e Carolina…

8 horas atrás

Duplas brasileiras sentem o clima olímpico em Tóquio

As duplas brasileiras de vôlei de praia entram na quarta semana seguida de competições no Circuito Mundial 2019, e o…

11 horas atrás

Brasil derrota a China no Mundial sub-21

A Seleção Brasileira abriu a segunda fase do Campeonato Mundial sub-21, em Manama, no Bahrein, com vitória. Na madrugada desta…

18 horas atrás

Hairton Cabral: “A equipe achou que já estava resolvido e deixamos elas reagirem”

A Seleção Brasileira sub-20 feminina ficou com a sexta posição no Mundial da categoria, que aconteceu no México. No domingo,…

23 horas atrás

Nem Julia nem Tainara. Destaque do Brasil no Mundial Sub-20 foi Kisy Nascimento

A oposta Kisy Nascimento foi o destaque da Seleção Brasileira Feminina Sub-20 no Mundial da categoria, que terminou na noite…

23 horas atrás