Cuba confirma chance de volta de craques à seleção

A Federação Cubana de Vôlei divulgou uma nota oficial, nesta quarta-feira, confirmando a reunião com jogadores dispostos a vestir novamente a camisa da seleção.

Participaram da reunião, em Havana, o central Robertlandy Simon, ex-Sada/Cruzeiro e atualmente no Civitanova, o oposto Michael Sánchez, ex-Vôlei UM Itapetininga, e o levantador Raydel Hierrezuelo, ex-Bolívar, da Argentina. A entidade confirmou que o trio oficializou o desejo de retornar.  Foram quase três horas de encontro em Havana, capital de Cuba.

“O passo de concretizou durante um encontro marcado pelo respeito, pelo diálogo franco e pela troca de opiniões em relação à situação atual e a perspectiva do nosso esporte. Tratou-se de uma reunião com espaço para analisar internamente os elementos inerentes a um processo como este, que não é massivo, somente para aqueles que nunca jogaram por outra federação”, disse a Federação.

Um discurso da entidade apontando o dedo para os atletas naturalizados por outros países, casos de Juantorena (Itália), Leon (Polônia) e Leal (Brasil), por exemplo.

Existe, no entanto, uma discussão financeira entre atletas e federação. Os jogadores precisariam pagar um cota mensal para a entidade. Fala-se algo entre 10 e 15 mil dólares por ano.

– É um passo inicial positivo. Tivemos discussões importantes com Ariel Saínz (presidente) sobre uma situação que eu não sei como terminará, mas pelo menos é um começo – disse Simon para a Rádio Havana. – Temos algumas dúvidas e o presidente não nos deu respostas para elas. Temos de esperar.

O retorno dos jogadores para a seleção de Cuba pode acontecer nos Jogos Pan-Americanos de Lima ou no Pré-Olímpico Mundial, em agosto, quando os caribenhos irão enfrentar Rússia, Irã e México.

LEIA TAMBÉM

Notícias recentes

Com dois novos convocados, Seleção Masculina treina para a estreia em Cuiabá

A Seleção Brasileira Masculina chegou a Cuiabá (MT) na noite de terça-feira (18.06) e fez, na manhã desta quarta (19.06),…

9 horas atrás

Saiba quem pode “subir” para a Liga das Nações em 2020

Challenge Cup é o nome da "Segunda Divisão" da Liga das Nações. Seis equipes por gênero vão disputar os torneios…

10 horas atrás

Entenda a regra do rebaixamento na VNL

A última rodada da fase de classificação da Liga das Nações feminina seria de vida ou morte para a Coreia…

12 horas atrás

Itália bate a Turquia e é vice-líder da VNL. Veja as possibilidades da última rodada

Numa das partidas mais emocionantes da Liga das Nações, a Itália derrotou a Turquia por 3 sets a 2, de…

17 horas atrás

Macris e Zé Roberto analisam vitória sobre belgas

Ao final da vitória brasileira sobre a Bélgica, pela penúltima rodada da fase de classificação da Liga das Nações feminina,…

19 horas atrás