Home Superliga EMS/Taubaté bate o Sesi SP e fica a uma vitória do inédito título da Superliga
Superliga - 1 de maio de 2019

EMS/Taubaté bate o Sesi SP e fica a uma vitória do inédito título da Superliga

Aniversariante do dia, Vissotto foi o maior pontuador do confronto, com 23 pontos

Um jogo digno de decisão de título,  definido nos detalhes, com quatro dos cinco sets decididos com diferença de apenas dois pontos, os dois treinadores utilizando bastante o banco de reservas e mutia emoção até o final. Foi essa a tônica do quarto confronto da final da Superliga Cimed Masculina 2018/2019.

O EMS/Taubaté/Funvic está a uma vitória do primeiro título de Superliga da sua história. O time do técnico Renan Dal Zotto derrotou o Sesi-SP por 3 sets a 2, de virada – parciais de 20/25, 25/23, 27/25, 28/30 e 15/13 -, em 2h36min de partida, na noite desta terça-feira, na Arena Suzano (SP), e abriu 2 a 1 na série melhor de cinco da final.

O lado triste do confronto foi a lesão do ponteiro Douglas Souza, do Taubaté, que torceu o tornozelo esquerdo no final do quarto set e deixou a quadra para ser avaliado. Ele já saiu do ginásio com o pé imobilizado por uma bota ortopédica de deve fazer, nesta quarta, exames de imagem, para saber a gravidade da torção.

Lucas Lóh encara o triplo de Taubaté (Divulgação)

O quarto duelo da final será no próximo sábado, às 21h30, novamente na Arena Suzano, com transmissão pelo SporTV 2. O quinto jogo, se necessário, está marcado para o dia 11 de maio (sábado), no mesmo horário e local.

O oposto Leandro Vissotto, do Taubaté, aniversariante do dia – completou 36 anos nesta terça-feira -, foi  maior pontuador da partida, com 23 pontos e foi eleito o melhor em quadra, faturando o VivaVôlei.

O jogador falou, emocionado, com os olhos cheios d´água, sobre a brilhante atuação. Foi dele o ponto de bloqueio que fechou o jogo no tie-break.

“Não imaginava (fazer um jogo como esse). Hoje eu fiz 36 anos. Não é fácil. Estou emocionado. Não ganhamos nada, mas por hoje estou bem feliz, agradeço meus companheiros. Vamos continuar aí para o próximo jogo. Vai ser essa a tônica dos outros confrontos. Eu venho batalhando o ano inteiro para fazer uma partida dessa, foi um ano de difícil adaptação por vários fatores que aconteceram. Eu agradeço a confiança e fico feliz por conseguir fazer uma partida que todos esperam. Mas todo mundo merece o troféu. Todo mundo jogou muito hoje”, disse Vissotto, em entrevista depois da partida, ao canal SporTV.

Ainda pelo Taubaté, o ponteiro Lucarelli marcou 21 pontos, o central Otávio, 12, Lucão, 11, Conte 11 e Douglas Souza 8. No Sesi SP, os destaques foram o central Éder e o oposto Alan, ambos com 19 pontos, o ponteiro Lipe, com 15 e o ponteiro Lucas Lóh, com 8.

Vissoto comemorou 36 anos nesta terça-feira (Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV)

O Sesi SP venceu o primeiro confronto, por 3 a 0, na semana passada, na Vila Leopoldina, e o Taubaté devolveu a o placar, na última terça-feira, no Ginásio Abaeté. Os dois times concordaram em mandar as partidas – a partir do terceiro duelo -, em Suzano. O mando de quadra ontem era do Sesi, que tinha maioria da torcida na arquibancada e o seu animador de torcida. A situação vai se inverter no próximo sábado – a torcida de Taubaté terá a maioria dos ingressos.

Time de melhor campanha da fase classificatória, o Sesi alternou bons e maus momentos na partida deste terça-feira. Somente no primeiro set o time foi aquele que a torcida se acostumou a ver durante toda a Superliga, de saque forte, bom fundo de quadra, ataque eficiente e poucos erros – foram apenas três pontos em erros na primeira parcial. Nesse ritmo, fechou o set em 25 a 20.

No segundo set, o Taubaté mudou a estratégia e passou a adotar o saque flutuante – alternando com o viagem -, deixando de rifar a bola no serviço. Em uma ótima passagem de Vissotto no saque, a equipe fez estrago na recepção rival. Rubinho tirou Lucas Lóh e colocou Renato para tentar melhorar o passe. Mas, com Douglas Souza no lugar de Conte, o Taubaté fechou o set em 25 a 23.

Rapha prepara para o ataque de Otávio (Inovafoto/CBV)

Com o argentino Conte irregular no passe e no ataque, Renan manteve Douglas Souza no terceiro set e Rubinho deixou Renato em quadra no lugar de Lucas Lóh. O Taubaté chegou a abrir 8 a 3, mas o Sesi encostou em 7 a 8, após uma série de erros de passe e ataque do time visitante. O jogo seguiu equilibrado até que Fabiano entrou para sacar no Taubaté, a bola bateu na rede, enganou o passe do Sesi e a equipe azul fechou o set em 27 a 25, virando a partida para 2 a 1.

Rubinho começou o quarto set com Franco no lugar de Alan. O oposto titular, no entanto, voltou na metade da parcial, quando o Taubaté vencia por 17 a 15. Renan manteve Douglas Souza no time titular. Com um saque agressivo, os visitantes seguiram quebrando a boa recepção rival e pontuando com Vissotto e Lucarelli, ambos inspirados. As duas equipes tiveram o set point, mas quem venceu foi o Sesi que, empurrado pela torcida, fez 30 a 28, em 41 minutos, empatando o jogo em 2 a 2. No final do set, Douglas Souza saiu de quadra machucado e Conte retornou ao time titular .

Em um tie-break de tirar o fôlego, com os dois times se alternando na frente do placar, sem deixar o outro abrir vantagem, Vissotto coroou o aniversário fazendo o ponto da vitória no set, em 15 a 13, selando o triunfo do time do interior por 3 sets a 2.

Sesi SP: William, Alan, Lucas Lóh, Lipe, Gustavão, Éder e Murilo (líbero). Entraram: Pureza, Franco, Renato, Evandro, Alan Patrick, Barreto

Técnico: Rubinho

EMS/Taubaté: Rapha, Vissotto, Conte, Lucarelli, Lucão, Otávio e Thalles (líbero). Entraram: Douglas Souza, Abouba, Uriarte, Fabiano, Athos

Técnico: Renan dal Zotto

Lipe ataca contra o bloqueio de Vissotto e Otávio (Inovafoto/CBV)

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 18/19

FINAL – PRIMEIRA RODADA

23.04 (TERÇA-FEIRA) – Sesi-SP 3 x 0 EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/22, 25/22 e 25/22)

SEGUNDA RODADA

27.04 (SÁBADO) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 0 Sesi-SP, às 21h30, no ginásio Abaeté, em Taubaté (SP) (25/23, 25/22 e 25/20)

TERCEIRA RODADA

30.04 (TERÇA-FEIRA) – Sesi-SP x EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP) – (25/20, 23/25, 25/27, 30/28, 13/15)

QUARTA RODADA

04.05 (SÁBADO) – EMS Taubaté Funvic (SP) x Sesi-SP, às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP) – SPORTV 2

QUINTA RODADA (SE NECESSÁRIO)

11.05 (SÁBADO) – Sesi-SP x EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP) – SPORTV 2

LEIA TAMBÉM

+ Vaivém: Evandro vai jogar a Copa do Rei, no Qatar

+ América-MG e Montes Claros lançam projeto de novo time na Superliga 2019/2020

+ Começa a venda de ingressos para os jogos da Seleção Feminina na Liga das Nações

Seleção sub-19 masculina do Brasil é convocada

Fim do jejum: Itambé/Minas conquista a Superliga novamente, 17 anos depois

Lavarini deixa o Minas após temporada perfeita: 5 torneios, 5 finais e 4 títulos

+ Opinião: O feito gigantesco do Itambé/Minas na temporada

Confira a relação de todos os campeões da Superliga Feminina da história

Campeão Minas domina a Seleção da Superliga

Veja também

Fluminense: aposta em elenco alto, jovem e agressivo

Primeiro campeão brasileiro de vôlei feminino, em 1976, e seis vezes campeão sul-americano…