Categorias: Destaques Vaivém

Vaivém: Julio Velasco anuncia fim da carreira como treinador

Uma notícia surpreendente na noite desta quinta-feira, na Itália. O técnico Julio Velasco anunciou o fim da carreira.

Em nota oficial divulgada pelo Modena, time treinado pelo argentino na temporada 2018/2019, a presidente Catia Pedrini elogia a trajetória profissional de Velasco e agradece pelos serviços prestados.

“Velasco foi, é e sempre será um símbolo da nossa sociedade e da nossa cidade. E é precisamente em nome de todos que pretendemos agradecer-lhe pelo que fez como homem e como treinador. Em meados dos anos 80, Julio levou uma equipe e uma empresa pela mão e tornando-se uma lenda indelével na história do esporte. Ele fez Modena ser reconhecida como o berço do voleibol mundial. Julio Velasco retornou a Modena e durante a última temporada mostrou, na verdade, que ele não era apenas um vencedor, mas um homem com uma habilidade incomparável para ensinar, dirigir e motivar. É impossível não pensar em todos os troféus que Velasco levantou durante a sua incrível carreira e igualmente impossível não dizer dez, cem mil vezes graças àqueles que nos fizeram mais ricos, de memórias e emoções que não vão embora, nunca. Julio fez a história de Modena, com marcos e momentos fundamentais. Modena foi, é e será sua cidade. O PalaPanini foi, é e será sua casa. Simplesmente, obrigado!”.

Velasco tem 67 anos e chegou ao Modena pela primeira vez em 1985. Depois de quatro temporadas, o argentino assumiu o comando da seleção italiana masculina. E marcou época, conquistando dois títulos mundiais, cinco edições da extinta Liga Mundial e uma Copa do Mundo. Bateu na trave na Olimpíada, tendo a prata em Atlanta-96 como melhor resultado.

Em 96, deixou a seleção masculina para assumir por um ano a feminina. Teve uma segunda passagem por Modena entre 2004 e 2006, retornando em 2018. Neste meio tempo, dirigiu as seleções da Espanha, do Irã e da Argentina. Pelo país de origem, Velasco protagonizou no último Campeonato Mundial uma cena marcante, após distribuir bananas (gesto com os braços) para a arbitragem após uma polêmica vitória sobre a Polônia, equipe de casa que depois viria a ser campeã. O técnico acabou sendo suspenso pela FIVB.

Velasco na última passagem pelo Modena (Divulgação)

Nas três passagens por Modena ele faturou quatro scudettos, três Copas Itália e uma Supercopa, esta último em 2018, o último título da carreira. No atual Campeonato Italiano, ele foi eliminado pelo Perugia, após cinco jogos, nas semifinais.

A nota oficial não apresenta declarações de Velasco e detalhes sobre o futuro profissional.

LEIA TAMBÉM

+ Na mira do Sada/Cruzeiro, esloveno fecha com o Trentino

+ Marcelinho anuncia aposentadoria

+ Thaisa é confirmada como primeiro reforço do Itambé/Minas para a temporada 2019/20

+ Gabi aponta 2019 como ano de “construção” da Seleção Feminina

+ Intensa dança das cadeiras após o término do Campeonato Turco Feminino

+ Itambé/Minas confirma renovações para a temporada 2019/2020

Notícias recentes

Negro chega ao Minas já falando português

O técnico italiano Nicola Negro chegou à nova casa. O novo treinador do Itambé/Minas se apresentou nesta segunda-feira e mostrou…

9 horas atrás

Pan: duplas do Brasil analisam rivais no vôlei de praia

A estreia das duplas brasileiras de vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos de Lima está próxima. Oscar/Thiago (RJ/SC) e Carolina…

10 horas atrás

Duplas brasileiras sentem o clima olímpico em Tóquio

As duplas brasileiras de vôlei de praia entram na quarta semana seguida de competições no Circuito Mundial 2019, e o…

12 horas atrás

Brasil derrota a China no Mundial sub-21

A Seleção Brasileira abriu a segunda fase do Campeonato Mundial sub-21, em Manama, no Bahrein, com vitória. Na madrugada desta…

20 horas atrás

Hairton Cabral: “A equipe achou que já estava resolvido e deixamos elas reagirem”

A Seleção Brasileira sub-20 feminina ficou com a sexta posição no Mundial da categoria, que aconteceu no México. No domingo,…

24 horas atrás

Nem Julia nem Tainara. Destaque do Brasil no Mundial Sub-20 foi Kisy Nascimento

A oposta Kisy Nascimento foi o destaque da Seleção Brasileira Feminina Sub-20 no Mundial da categoria, que terminou na noite…

1 dia atrás