Categorias: Praia

Brasil conhece rivais no Mundial de vôlei de praia

A Federação Internacional (FIVB) sorteou, nesta terça-feira, as chaves do Campeonato Mundial de vôlei praia, marcado para acontecer na cidade de Hamburgo, na Alemanha.

Entre os homens, Pedro Solberg e Vitor Felipe não tiveram sorte e caíram no grupo A, o mesmo da dupla do momento: Mol e Sorum, da Noruega. Líderes do ranking mundial, eles venceram as últimas três etapas quatro estrelas do Circuito e são apontados como favoritos ao título olímpico em Tóquio, no próximo ano. Completam a chave Walkenhorst/Winter (ALE) e Gonzalez/Reyes (CUB).

No Grupo E estão Alison e Álvaro Filho. Eles terão pela frente na primeira fase os russo Semenov e Leshukov, os americanos Slick e Allen e os cataris Tamer e Mahmoud.

Já no Grupo H, os italianos vice-campeões olímpicos Nicolai e Lupo, os austríacos Seidl e Waller e os moçambicanos Soares e Nguvo são os adversários de André George.

Por fim, no Grupo I estão Evandro e Bruno Schmidt, que terão como rivais os espanhóis Herrera e Gavira, os australianos Durant e Schumann e os venezuelanos Charly e Tigrito.

Vale lembrar que no masculino nenhuma dupla brasileira foi cabeça de chave no sorteio, fruto das mudanças recentes e do posicionamento aquém do normal no ranking mundial.

Evandro e Bruno Schmidt em ação (FIVB Divulgação)

No feminino, as quatro duplas brasileiras foram cabeças de chave. Rebecca e Ana Patrícia, número 4 na lista, ficaram no Grupo D, ao lado das espanholas Liliana e Elisa, das alemãs Bieneck e Schneider e de Nzaysenga e Hakizimana, de Ruanda.

Ágatha e Duda, cabeças de chave 6, estão no Grupo F, ao lado das chinesas Wang e Xia, das japonesas Ishii e Murakami e das cubanas Marlen e Leila.

No Grupo J, Carol Solberg e Maria Elisa, cabeças 10, duelarão na primeira fase do Mundial com as americanas Larsen Stockman, das alemãs Ludwig, destaque do último ciclo olímpico, e Kozuch, e das nigerianas Nnoruga e Franco.

Fechando o time brasileiro estão Bárbara Seixas e Fernanda Berti, cabeças de chave 12, no Grupo L, o mesmod as finlandesas Lahti e Parkkinen, das eslovacas Strbova e Dubovcova e as mexicanas Orellana e Revuelta.

Clique aqui para ver todos os grupos.

O Mundial acontecerá entre 28 de junho e 7 de julho. Na primeira fase, os dois melhores de cada grupo e os quatro melhores terceiros colocados avançarão. Na sequência, a competição passa a ser por eliminatória simples: quem perde está eliminado.

LEIA TAMBÉM:

Notícias recentes

Com dois novos convocados, Seleção Masculina treina para a estreia em Cuiabá

A Seleção Brasileira Masculina chegou a Cuiabá (MT) na noite de terça-feira (18.06) e fez, na manhã desta quarta (19.06),…

9 horas atrás

Saiba quem pode “subir” para a Liga das Nações em 2020

Challenge Cup é o nome da "Segunda Divisão" da Liga das Nações. Seis equipes por gênero vão disputar os torneios…

10 horas atrás

Entenda a regra do rebaixamento na VNL

A última rodada da fase de classificação da Liga das Nações feminina seria de vida ou morte para a Coreia…

12 horas atrás

Itália bate a Turquia e é vice-líder da VNL. Veja as possibilidades da última rodada

Numa das partidas mais emocionantes da Liga das Nações, a Itália derrotou a Turquia por 3 sets a 2, de…

17 horas atrás

Macris e Zé Roberto analisam vitória sobre belgas

Ao final da vitória brasileira sobre a Bélgica, pela penúltima rodada da fase de classificação da Liga das Nações feminina,…

19 horas atrás