sub-20
Home Categorias de base Argentina bate o Brasil no sub-20 feminino
Categorias de base - 8 de julho de 2019

Argentina bate o Brasil no sub-20 feminino

Jogo serviu como preparação para o Campeonato Mundial sub-20, no México

A Seleção Brasileira feminina sub-20 perdeu para a Argentina, na noite deste domingo, por 3 sets a 2 (25-21, 21-25, 17-25, 25-16 e 15-12), no quadrangular internacional realizado na cidade de Santa Rita do Sapucaí (MG), no ginásio do Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações).

O Brasil finaliza a disputa nesta segunda-feira, contra a equipe da China, às 20h (de Brasília) pela última partida do Desafio Internacional.

A partida contou com uma troca de domínio das duas seleções, com o Brasil dominando o segundo e terceiro sets, mas tendo dificuldades no passe no quarto e quinto. O técnico Hairton Cabral analisou o desempenho do time, mas também lembrou que os amistosos são oportunidade para testar o grupo, variações e alternativas visando o Campeonato Mundial Sub-20, que começa já na próxima semana, no México.

– Pecamos um pouco na concentração, não entramos com a determinação necessária para vencer o jogo. Evoluímos nos segundo e terceiro sets, mas, a partir do quarto set, as meninas acharam que a Argentina não iria mais correr. Elas não tinham o que perder e cresceram no confronto. Faltou voltar para o jogo, não tivemos uma reação contínua para poder finalizar a partida, para um jogo desse, temos que estar 100% ligados – disse Hairton, que completou.

– Claro que sempre queremos ganhar um clássico, mas tinha que fazer testes com nossa central, pensando na melhor colocação de bloqueio para enfrentar a República Dominicana. Fizemos a inversão do 5-1, deu certo. Temos que aproveitar esses jogos, observar e tirar as dúvidas finais visando o principal objetivo – declarou o treinador.

A estreia brasileira no Campeonato Mundial Sub-20 acontece no dia 12 de julho, contra a República Dominicana. O país também enfrenta na primeira fase as seleções do Japão e Ruanda. O Brasil é o maior campeão da categoria, com 13 medalhas, sendo seis de ouro.

O time sub-20 já conta com a ponta Júlia Bergmann, utilizada por José Roberto Guimarães nas primeiras etapas da Liga das Nações. Tainara, presente também nas finais em Nanquim, se juntará ao grupo nesta semana para a viagem para o Mundial sub-20.

LEIA TAMBÉM

Veja também

Taiana e Talita disputam o bronze no México

As brasileiras Talita e Taiana (AL/CE) vão disputar neste domingo a medalha de bronze na e…