Bruninho e Lucão lamentam atitude do Brasil

O sinal de alerta foi ligado na Seleção Brasileira após a participação na fase final da Liga das Nações masculina.

Em quatro jogos em Chicago, nos Estados Unidos, três derrotas: duas para a Polônia B e uma para os Estados Unidos. A vitória aconteceu no duelo com o Irã, no tie-break.

O quarto lugar, mesma posição obtida na temporada passada, não teve muitos motivos para comemoração.

Para o levantador e capitão Bruninho, um time como o Brasil não pode entrar em um duelo decisivo de forma tão apática como o visto neste domingo.

– Hoje não tivemos uma boa atuação. O nosso espírito não foi correto para disputar uma final de terceiro lugar. Queríamos estar na decisão do ouro, mas tínhamos que ter tido uma outra atitude na partida de hoje. Não podemos deixar isso acontecer no futuro. Teremos que crescer muito tecnicamente. Deu para ver nessa Liga das Nações que o nível das seleções está muito alto e precisamos nos reinventar no futuro. Vamos treinar muito para ganharmos confiança para a disputa do Pré-Olímpico – afirmou.

O central Lucão comentou sobre o momento atual do grupo brasileiro e destacou o foco no Pré-Olímpico.

– Temos um grupo em formação. É uma experiência nova para a Seleção Brasileira jogar com dois ponteiros de força (Lucarelli e Leal). Sempre tivemos um ponteiro mais técnico dentro de quadra e a Seleção está se acostumando a isso. Talvez teremos mais dificuldades no passe, mas vamos ganhar muito no ataque. Fizemos uma boa primeira fase e agora o foco é no Pré-Olímpico. Foram sete semanas que rodamos o mundo e foi uma pena não conseguimos jogar o nosso melhor na disputa do terceiro lugar. A Seleção Brasileira nunca foi a melhor tecnicamente, mas a força do grupo e do trabalho sempre fizeram a diferença e vamos trabalhar muito para esse Pré-Olímpico – disse Lucão.

A Seleção agora retorna para o Brasil, deve ganhar alguns dias de folga antes de iniciar os treinos para o Pré-Olímpico. Antes da competição, na Bulgária, o time de Renan Dal Zotto disputará um torneio amistoso na Polônia, reencontrando os donos da casa, agora com força máxima, além de Sérvia e Finlândia.

Notícias recentes

Heller: “Não seremos omissos, muito menos coniventes”

O campeão olímpico André Heller entregou, na quinta-feira, a carta de renúncia de todos os membros da Comissão de Atletas…

6 minutos atrás

Zé Roberto leva 16 para Suzano. Gabi e Natália ganham folga

O técnico José Roberto Guimarães levou 16 jogadoras para Suzano, onde o Brasil faz dois amistosos contra a Seleção Argentina…

17 horas atrás

Leal faz depoimento emocionante e garante: “Eu sou brasileño”

Confira abaixo o emocionante depoimento feito por Leal ao jornalista Alexandre Senechal, da Veja, publicado nesta sexta-feira no site da…

21 horas atrás

Brasil avança com três times às quartas de final do torneio masculino em Moscou

O Brasil avançou com três duplas masculinas entre os oito times que se classificaram às quartas de final da etapa…

22 horas atrás

Com duas contratações e a força da base, Vôlei Renata apresenta elenco

O Vôlei Renata mostrou sua cara oficialmente para a temporada 2019/2020. Com presença de patrocinadores, imprensa e autoridades, a equipe…

22 horas atrás

Turquia e Sérvia disputam final da Gloria Cup neste sábado

Turquia e Sérvia venceram seus jogos nesta sexta-feira, pela segunda rodada do torneio amistoso Gloria Cup, que acontece na cidade…

22 horas atrás