Mundial na Índia
Home Internacional Índia em vantagem para receber Civitanova x Sada
Internacional - Mundial de Clubes - 5 de julho de 2019

Índia em vantagem para receber Civitanova x Sada

Federação Internacional espera retorno positivo da Índia para confirmar sede do Mundial de Clubes

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) aguarda uma resposta da Índia para anunciar a sede do Campeonato Mundial masculino de clubes de 2019.

O retorno deverá acontecer na próxima semana, após as tratativas entre a entidade e dirigentes esportivos indianos. Existe uma expectativa positiva para o acerto, uma vez que o vôlei pretende ganhar mais espaço no enorme mercado consumidor da região.

Caso a Índia aceite mesmo as condições para realização do evento, o próximo passo será a confirmação da data da partida entre Sada/Cruzeiro, campeão sul-americano, e Civitanova, vencedor da Champions League, em dezembro. O local será a cidade de Chennai.

A solução para uma resposta negativa dos indianos será abrir um processo de escolha de sede entre interessados brasileiros e italianos.

Neste ano, a FIVB preferiu organizar um Mundial masculino mais enxuto, visto que o calendário é atípico por conta dos pré-olímpicos. No feminino, por já ter um contrato assinado, a competição seguirá acontecendo na China, com oito equipes em disputa, uma delas, o Itambé/Minas.

Para 2020 em diante, a entidade criou um grupo de estudos para organizar o calendário e, provavelmente, voltar a fazer o Mundial masculino de clubes com mais participantes (entre seis e oito).

Mendez faz nova reformulação no time (Agênciai7/Divulgação)

O jogo entre Sada/Cruzeiro e Civitanova marcará o reencontro de Leal e Simon com o time mineiro. Os dois foram contratados pelos italianos na temporada 2018/2019 e terminaram como protagonistas nas conquistas do Europeu e do Italiano. Enquanto o ponta, agora naturalizado brasileiro saiu e deixou as portas abertas, o central cubano criou uma saia justa ao forçar a transferência, culminando com uma ação do Sada/Cruzeiro na FIVB contra o Civitanova.

Por Daniel Bortoletto

Veja também

Heller: “Não seremos omissos, muito menos coniventes”

O campeão olímpico André Heller entregou, na quinta-feira, a carta de renúncia de todos os…