Home Destaques Zé Roberto indica Paulo Coco para o seu lugar na Seleção, após Tóquio-2020
Destaques - Superliga - 6 de agosto de 2019

Zé Roberto indica Paulo Coco para o seu lugar na Seleção, após Tóquio-2020

Técnico está com a Seleção Feminina no Pan-Americano de Lima

Em entrevista ao programa “Bem, Amigos!” do SporTV na última segunda-feira, o técnico da Seleção Brasileira Feminina José Roberto Guimarães confirmou que a Olimpíada de Tóquio-2020 será a última da sua carreira, assim com o Pan-Americano de Lima. O treinador está no Peru, onde comanda a equipe mista do Brasil, que estreia nesta quarta-feira, contra Porto Rico, às 15h (de Brasília) O SporTV 2 e a TV Record transmitem.

–  Com certeza (será a última Olimpíada), já estou há 16 anos na seleção feminina. É hora de outro técnico tocar esse trabalho. Estamos investindo bem na nossa base, temos uma geração vindo aí para 2024 e 2028 muito boa, no mínimo 10 ou 12 garotas com 1,90 m ou mais. Nunca tivemos uma geração dessa estatura e com qualidade. Meu sonho de criança era vestir a camisa o meu país, representar numa competição importante. Não posso deixar de estar aqui (em Lima). Meu último Pan como treinador, tenho que aproveitar os momentos que restam. É um orgulho para mim, jamais poderia imaginar isso nos meus melhores sonhos. Não meço esforços para representar meu país. Vai ser difícil, sufoco de novo, mas vale a pena.

Zé Roberto também indicou o seu substituto para depois dos Jogos do Japão do ano que vem, o assistente Paulo Coco, comandante do Dentil/Praia Clube.

– Gostaria que o Paulinho assumisse, sabe muito de voleibol, mas cabe a Confederação definir o novo técnico. Maior orgulho estar aqui, feliz da vida. Recebemos a graça de classificar e tentar fazer o melhor trabalho possível – disse o treinador brasileiro.

LEIA MAIS:

Macris fala ao Web Vôlei sobre Pan, Tóquio, Minas, futuro…

Seleção feminina carimba passaporte olímpico no sufoco

Entrevista com Fabi, bicampeã olímpica, hoje comentarista do Grupo Globo

Tabela da Seleção Feminina no Pan

Entrevista exclusiva com o comentarista Marco Freitas

Veja também

Mendez sobre o Zenit: “Deixa muito a desejar a recepção deles”

O técnico Marcelo Mendez não fica em cima do muro ao analisar o Zenit Kazan, adversário do…