Brasil
Home Seleção Brasileira Tabach após título do Sula: “No Brasil não existe renovação sem risco”
Seleção Brasileira - 15 de setembro de 2019

Tabach após título do Sula: “No Brasil não existe renovação sem risco”

O assistente técnico de Renan dal Zotto na Seleção Brasileira Masculina, Ricardo Tabach, parabenizou o grupo pela bela vitória, de virada, sobre a Argentina, por 3 sets a 2, na noite de sábado, que deu ao Brasil o título do Campeonato Sul-Americano. A Seleção perdia por 2 a 0 e teve de salvar quatro match points argentinos para vencer o terceiro set e iniciar a incrível reação, levando a decisão para o tie-break.

– Campeão Sul-Americano! Mais um jogo com uma virada improvável…Após estar perdendo de 0 x 2 e 9 x 16 no terceiro set, com a Argentina tendo 2 match points (na verdade foram quatro), o Brasil acreditou até o final e mostrou mais uma vez a força que este grupo tem…Apostamos numa equipe renovada, deixando os veteranos se preparando para a Copa do Mundo e correndo um risco calculado (no Brasil não existe renovação sem risco)… O que vale no final de tudo, é que os mais novos amadureceram e os veteranos se prepararam e se preservaram ( não são máquinas para estarem sempre 100% neste louco calendário mundial), para uma competição mais importante que acontece no Japão daqui a duas semanas. P.S Ainda não foi desta vez que os poucos secadores de plantão apertaram o ENTER para criticar…rs Bora para a Copa do Mundo! – postou Tabach, após o jogo em seu perfil no Instagram.

O Brasil se prepara agora para a Copa do Mundo, que acontece entre os dias 30 de setembro e 14 de outubro, no Japão.

View this post on Instagram

Campeão SulAmericano! Mais um jogo com uma virada improvável…Após estar perdendo de 0 x 2 e 9 x 16 no terceiro set, com a Argentina tendo 2 match points, o Brasil acreditou até o final e mostrou mais uma vez a força que este grupo tem…Apostamos numa equipe renovada, deixando os veteranos se preparando para a Copa do Mundo e correndo um risco calculado (no Brasil não existe renovação sem risco)…O que vale no final de tudo, é que os mais novos amadureceram e os veteranos se prepararam e se preservaram ( não são máquinas para estarem sempre 100% neste louco calendário mundial), para uma competição mais importante que acontece no Japão daqui a duas semanas. P.S Ainda não foi desta vez que os poucos secadores de plantão apertaram o ENTER para criticar…rs Bora para a Copa do Mundo!👊💥👊

A post shared by ricardo tabach (@ricardo.tabach) on

LEIA MAIS

Com saudade das filhas, Sheilla faz desabafo de mãe-atleta: “Me sinto culpada”

Lorenne saiu da cadeira do dentista para viver o melhor momento da carreira

CEV define os participantes do Pré-Olímpico Feminino

+ Confira os títulos e os prêmios individuais de Boskovic na carreira

A aposentadoria da polonesa Skowronska

Veja também

Líder da primeira fase, Vôlei Renata escapa dos rivais Sesi SP e EMS/Taubaté na semi

O Vôlei Renata está na semifinal do Campeonato Paulista e vai ter uma semana cheia de trab…